UFC 159 Após decisão polêmica do árbitro central Ovince vence Villante

UFC 159: Após decisão polêmica do árbitro central, Ovince vence Villante

Mulhall encerrou a luta depois de acidental dedo no olho no terceiro round. Juízes deram a vitória para OSP por decisão técnica majoritária

FOX Sports

Gian Villante e Ovince St. Preux estrearam no UFC na noite deste sábado (27 de abril). Porém, a luta não foi como eles imaginaram. Depois de dois rounds muitos disputados, o árbitro Kevin Mulhall encerrou o combate no começo do terceiro período, após Villante ter recebido um golpe acidental no olho. A decisão ficou por conta dos juízes da mesa, que derão a vitória para Ovince por decisão técnica majoritária.

O UFC 159 terá Chael Sonnen e Jon Jones no duelo principal. Inflamado por provocações dos dois lados, o combate valerá o cinturão dos meio-pesados.

Veja também: Atacante do QPR cria polêmica ao mostrar tatuagem de armas

Quem é o craque? Adivinhe o camisa 10 da Udinese em 1984

Filhos de David Beckham tentam furar a marcação de Thiago Silva

A luta

Villante e Ovince começaram o combate se chutando. Villante tentou derrubar seu oponente que fico se defendendo, em pé, na grade. Depois de se livrar, Ovince buscou acertar seu adversário com socos, que sentiu e quase foi nocauteado. Villante precisou parar a luta no final do round para arrumar sua bandagem. O round foi bem equilibrado com uma pequena vantagem para OSP.

O segundo assalto começou como o primeiro, com chutes e socos de todos os lados. Após tentar derrubar Villante, Ovince quase foi finalizado com uma guilhotina. Os lutadores seguiram durante todo o round trocando socos e chutes. A torcida começou a vaiar os lutadores.

Antes do último round, o corner de Ovince o incentivou: “Você tem 5 minutos para vencer essa luta. Você tem 5 minutos para salvar sua vida!”. O período começou e OSP acidentalmente colocou o dedo no olho de Villante.  O árbitro central, sem dar os cinco minutos para a recuperação do atleta, se precipitou e encerrou a luta. Gian Villante ficou indignado com a decisão e disse que poderia enxergar e continuar no combate. Os juízes julgaram os dois round completos e o começo do terceiro. A vitória ficou para Ovince por decisão técnica majoritária.

Publicidade
Link copiado para a área de transferência!