Lucas, do PSG: 'Na minha opinião, o Neymar deveria vir para a Europa'

Em entrevista ao FOX Sports Rádio, jogador do PSG ainda alfineta Ibra: 'ele é arrogante às vezes, reclama e xinga bastante'

CAMPEONATO ALEMÃO: WOLFSBURG X BORUSSIA MÖNCHENGLADBACH
CAMPEONATO ALEMÃO: WOLFSBURG X BORUSSIA MÖNCHENGLADBACH
ao vivo
CAMPEONATO ALEMÃO: DÜSSELDORF X LEIPZIG
CAMPEONATO ALEMÃO: DÜSSELDORF X LEIPZIG
ao vivo
CAMPEONATO ALEMÃO: BAYERN DE MUNIQUE X WERDER BREMEN
CAMPEONATO ALEMÃO: BAYERN DE MUNIQUE X WERDER BREMEN
ao vivo
CAMPEONATO ALEMÃO: MAINZ X BORUSSIA DORTMUND
CAMPEONATO ALEMÃO: MAINZ X BORUSSIA DORTMUND
ao vivo
NBB: RIO CLARO X FRANCA
NBB: RIO CLARO X FRANCA
ao vivo
CAMPEONATO ALEMÃO: HOFFENHEIM X AUGSBURG
CAMPEONATO ALEMÃO: HOFFENHEIM X AUGSBURG
ao vivo
LIGA EUROPA: PORTO (POR) X FEYENOORD (HOL)
LIGA EUROPA: PORTO (POR) X FEYENOORD (HOL)
ao vivo
LIGA EUROPA: MANCHESTER UNITED (ING) X AZ ALKMAAR (HOL)
LIGA EUROPA: MANCHESTER UNITED (ING) X AZ ALKMAAR (HOL)
ao vivo
BAIXE O APLICATIVO
FOX Sports

Lucas, atacante do PSG, foi um dos entrevistados do FOX Sports Rádio desta segunda-feira (18 de março). O ex-jogador do São Paulo, que se recupera de lesão no tornozelo, deu sua opinião sobre uma possível saída de Neymar do futebol brasileiro.

"O Neymar chegou ao profissional mais cedo, à seleção mais cedo. É pessoal, se ele acha que está bem no Santos, acho que deve ficar. Se jogar bem na Seleção, melhor ainda. Mas, na minha opinião, seria bom ele vir para a Europa”, resumiu.

O jogador baseou o conselho em sua experiência: “Para mim está sendo muito importante sim (jogar na Europa). Estou crescendo muito, aprendendo muito, no esporte e culturalmente. Estou jogando ao lado e contra jogadores muito bons. E tendo uma nova rotina de trabalho. Está sendo positivo."

Leia mais declarações de Lucas, que ainda comentou sobra nova necessidade tática do São Paulo, sobre o Ibrahimovic e sobre suas esperanças de defender a Seleção Brasileira na Copa do Mundo de 2014:

“Talvez seja a hora sim (de começar a jogar diferente do que quando eu estava no São Paulo). Temos que prestar atenção no Aloísio: ele não tem tanta característica de marcar, ele é mais atacante. A tática tem que ser organizada tendo isso em mente.”

“É a hora de encontrar um novo esquema. Eu tenho certeza que logo ele vai encontrar a melhor saída e acertar nas escalações. Parece ser a hora de jogar com dois meias: o Osvaldo e o Ganso, o Luís Fabiano e o Aloísio na frente.”

“Não sei o que está acontecendo com o Ganso. Mas sei que nenhum jogador gosta de ficar no banco. Quando ele tiver ritmo de jogo, tiver jogado mais, ele vai se adequar.”

“A adaptação não está sendo fácil, não posso negar. Mas está indo melhor do que eu imaginava, o clima é muito frio e todos têm me ajudado, me recebido bem. Estou praticamente entrosado com o grupo e aprendendo a me comunicar.”

“A técnica é praticamente a mesma, pelo lado do campo. Mas aqui eles cobram mais a disciplina tática. Aqui, dificilmente eu vou para o lado esquerdo, como eu fazia no São Paulo. Aqui isso não acontece, você faz o jogo todo o que ele te pediu para fazer. Além disso, o campo é sempre liso e molhado.”

“Paris é uma cidade linda. Pude comprovar tudo que eu sempre ouvi sobre essa cidade maravilhosa.”

“O Beckham é uma pessoa maravilhosa, um ícone no futebol mundial. Está sendo ótimo desde a contratação dele.”

“O maior eu posso dizer que é: porque é muito alto! Ele me recebeu bem, mas é arrogante às vezes, reclama bastante, pede muita bola. Mas ele me recebeu bem e já me conhece. O Ibra é complicado! Ele xinga bastante! Dificilmente está errado. Ele grita e você consegue entender, em qualquer língua (risadas).”

“No Brasil, apostamos muito no improviso e na qualidade técnica. Sem dúvida, a qualidade do jogador brasileiro é acima da média. Por isso, abusamos da técnica e deixamos de lado a técnica. Aqui não é assim: eles cobram a técnica. Precisamos aprender a conciliar, porque quando isso acontecer, dificilmente perderemos alguma coisa.”

“Ainda sinto dor. Foi uma entrada forte e no mesmo tornozelo da lesão que sofri contra o Valencia. Estou me recuperando bem, me tratando forte, e espero estar de volta logo. Acho que carrinho pela frente ou de lado, que visa a bola, é aceitável. Carrinho forte e pesado não é leal.”

“A expectativa é grande. Estou esperançoso e confiante no trabalho do Felipão. Ele é competente e nos deu a última Copa. Quero fazer parte dos planos dele e ser sempre convocado, e para isso vou dar o meu melhor sempre no PSG. Sem dúvida nenhuma, vou suar sangue para estar no grupo (que defenderá a Copa).”

Confira mais: Jogadores do Corinthians entram na onda do Harlem Shake. Veja

Vasco ganha apelido de 'vice' na Wikipedia

Veja todos os 225 gols marcados por Francesco Totti na Serie A TIM

“Para mim está sendo muito importante sim (jogar na Europa). Estou crescendo muito, aprendendo muito, no esporte e culturalmente. Estou jogando ao lado e contra jogadores muito bons. E tendo uma nova rotina de trabalho. Está sendo positivo. Sobre o Neymar, é uma questão pessoal: ele está em um patamar diferente. Chegou ao profissional mais cedo, à seleção mais cedo. É pessoal, se ele acha que está bem no Santos, acho que deve ficar. Se jogar assim no Santos, melhor ainda. Mas, na minha opinião, seria bom ele vir para a Europa.”

Publicidade
Link copiado para a área de transferência!
Publicidade