Taison confirma que recusou proposta do Corinthians e afirma Prioridade vai ser sempre o Inter

Taison confirma que recusou proposta do Corinthians e afirma: 'Prioridade vai ser sempre o Inter'

Em entrevista à TV Globo, o jogador admitiu que pensa em retornar ao Brasil após o fim de seu contrato no Shakhtar Donetsk, colocando fim a uma passagem de mais de uma década pelo futebol europeu

SUPERLIGA ARGENTINA: BOCA JUNIORS X INDEPENDIENTE
SUPERLIGA ARGENTINA: BOCA JUNIORS X INDEPENDIENTE
ao vivo
CAMPEONATO ALEMÃO: BAYER LEVERKUSEN X FORTUNA DÜSSELDORF
CAMPEONATO ALEMÃO: BAYER LEVERKUSEN X FORTUNA DÜSSELDORF
ao vivo
SUPERLIGA ARGENTINA: GODOY CRUZ X RIVER PLATE
SUPERLIGA ARGENTINA: GODOY CRUZ X RIVER PLATE
ao vivo
COPA DO NORDESTE: CSA X SPORT
COPA DO NORDESTE: CSA X SPORT
ao vivo
CAMPEONATO ALEMÃO: BAYERN DE MUNIQUE X SCHALKE
CAMPEONATO ALEMÃO: BAYERN DE MUNIQUE X SCHALKE
ao vivo
CAMPEONATO ALEMÃO: EINTRACHT FRANKFURT X LEIPZIG
CAMPEONATO ALEMÃO: EINTRACHT FRANKFURT X LEIPZIG
ao vivo
CAMPEONATO ALEMÃO: BORUSSIA MÖNCHENGLADBACH X MAINZ
CAMPEONATO ALEMÃO: BORUSSIA MÖNCHENGLADBACH X MAINZ
ao vivo
NBB: FLAMENGO X BRASÍLIA
NBB: FLAMENGO X BRASÍLIA
ao vivo
BAIXE O APLICATIVO
FOX Sports

Alvo de mais um inadmissível caso de racismo no futebol, Taison definiu que seu está longe da Europa. Após disputar a Copa do Mundo de 2018 com a Seleção Brasileira na Rússia, o atacante de 31 anos está decidido a voltar para casa após o final de seu contrato com o Shakhtar Donetsk, da Ucrânia. Em entrevista à TV Globo, o jogador admitiu que pensa em retornar ao Brasil após o fim de seu contrato o clube ucraniano, colocando fim a uma passagem de mais de uma década pelo futebol europeu.

“Acho que é o momento certo de voltar. Cumpro meu contrato este ano. Tive propostas o ano passado. O Milan ofereceu 30 milhões de euros, mas não me liberaram. Tive propostas de outros clubes, e o Shakhtar não me liberou. Mas eu não posso reclamar, porque é um clube que sempre me tratou bem. Não tenho o que falar do presidente, porque é um cara que sempre me ajudou, assim como os companheiros de clube e o próprio treinador. Só que eu já falei para eles que este ano eu não vou mais renovar o contrato. Acaba este ano, e eu vou voltar para perto da minha casa, para perto da minha filha, que tem 12 anos, e eu não a vejo. Não passo aniversário com ela. Então está na hora de eu focar um pouco mais na minha família também. Focar, voltar para o Brasil, porque é muito tempo longe”, disse.

Veja as últimas do Mercado da Bola e quem pode chegar ao seu time

O destino de Taison no retorno ao Brasil parece ter uma prioridade definida: voltar a defender o Internacional, clube em que foi revelado. Aos 31 anos, o jogador admitiu que teve uma proposta do Corinthians, mas que declinou para priorizar o Colorado.

“Há pouco tempo tive proposta do Corinthians e de outros clubes. Sempre fui aberto, mas falei com o Tiago Nunes: 'Agradeço, mas minha prioridade vai ser sempre o Inter por causa do carinho que tenho'. A torcida, os diretores todos. Então o primeiro clube vai ser sempre o Internacional”, disse o atacante, que explicou sua posição de priorizar o Colorado quando retornar ao Brasil.

“Foi um clube que me deu tudo. Eu saí do Progresso em 2005 na base e fui para o Inter. Foi o clube que me fez chegar ao profissional, me fez chegar à Europa. Então, no máximo, eu tenho que ter uma gratidão pelo clube, e é isso que eu vou ter. Mas não vai depender só de mim. Eu não sei como é que vai ser daqui até o ano que vem”, concluiu.

Saiba mais

Ronaldo pode entrar na briga por meia indicado por Jesus ao Flamengo

Grêmio avança negociação e fica perto de contratar Vanderlei

Richarlison brinca com Cebolinha sobre ida ao Everton em rede social

(Crédito da imagem: Lucas Figueiredo/CBF)

Publicidade
Link copiado para a área de transferência!
Publicidade