Quesada aponta os dois pontos quem podem complicar o Flamengo contra o River Plate

Segundo o comentarista dos canais FOX Sports, travar a saída de bola e o jogo ofensivo com a bola rolando do Fla pode ser o caminho dos argentinos

SUPERLIGA ARGENTINA: BOCA JUNIORS X INDEPENDIENTE
SUPERLIGA ARGENTINA: BOCA JUNIORS X INDEPENDIENTE
ao vivo
CAMPEONATO ALEMÃO: BAYER LEVERKUSEN X FORTUNA DÜSSELDORF
CAMPEONATO ALEMÃO: BAYER LEVERKUSEN X FORTUNA DÜSSELDORF
ao vivo
SUPERLIGA ARGENTINA: GODOY CRUZ X RIVER PLATE
SUPERLIGA ARGENTINA: GODOY CRUZ X RIVER PLATE
ao vivo
COPA DO NORDESTE: CSA X SPORT
COPA DO NORDESTE: CSA X SPORT
ao vivo
CAMPEONATO ALEMÃO: BAYERN DE MUNIQUE X SCHALKE
CAMPEONATO ALEMÃO: BAYERN DE MUNIQUE X SCHALKE
ao vivo
CAMPEONATO ALEMÃO: EINTRACHT FRANKFURT X LEIPZIG
CAMPEONATO ALEMÃO: EINTRACHT FRANKFURT X LEIPZIG
ao vivo
CAMPEONATO ALEMÃO: BORUSSIA MÖNCHENGLADBACH X MAINZ
CAMPEONATO ALEMÃO: BORUSSIA MÖNCHENGLADBACH X MAINZ
ao vivo
NBB: FLAMENGO X BRASÍLIA
NBB: FLAMENGO X BRASÍLIA
ao vivo
BAIXE O APLICATIVO
FOX Sports

Muitas pessoas tem se perguntado se é possível parar o Flamengo de Jorge Jesus. Sem perder desde agosto, o time tem visto seu rendimento crescer jogo a jogo. O comentarista dos canais FOX Sports Leandro Quesada, porém, analisando a equipe, encontrou dois pontos que podem ser o caminho para a equipe do River Plate no próximo sábado (23 de novembro).

Veja as últimas do Mercado da Bola e quem pode chegar ao seu time

Segundo a sua análise, uma marcação mais firme nos dois zagueiros do time carioca pode dificultar a saída de bola da equipe e forçar o time a fazer lançamentos mais longos, com erros de passes.

“A saída de bola do Flamengo. Vamos observar o que aconteceu no jogo contra o Vasco da Gama. O Luxemburgo espelhou o esquema do Jesus, montando o Vasco da Gama em um esquema igual, com dois atacantes: o Rossi e o Marrony. Que pressionavam a saída de bola dos dois zagueiros do Flamengo, atrapalhando que a bola chegasse até os dois laterais, Rafinha e Filipe Luís, que se apresentam bastante para começar a fazer a transição, e, principalmente, Arão e Gerson, que pegam a bola e começam a pensar com muita velocidade esse jogo da equipe do Flamengo”, disse o comentarista.

"Certamente, Gallardo vai fazer essa pressão com os atacantes Borré e Suárez, no momento em que o Flamengo estiver iniciando o jogo no seu campo de defesa", analisou.

Além disso, olhando para o número de gols da equipe na competição, Quesada chegou à conclusão de que a maior força na criação rubro-negra está com a bola rolando. Forçar com que o time tenha dificuldades nas jogadas com trocas rápidas de passe e a transição pode ser mais um caminho para o técnico Marcelo Gallardo.

“Bola parada também é uma arma dos dois times. O Flamengo, dos 22 gols que fez, sete foram em bolas paradas. Já o River Plate fez oito gols com a bola parada. Deu para perceber, com o restante dos gols, o Flamengo é muito superior com a bola rolando. Os números traduzem o que representa esse time do Flamengo", avaliou.

"Na bola rolando, na transição, na velocidade, na troca de posicionamento, os jogadores do Flamengo envolvem facilmente as defesas adversárias. Talvez o ponto mais importante do Flamengo para vencer o River Plate”, completou.

A partida que coroará um dos dois times com o troféu de campeão do maior torneio da América do Sul terá início às 17h do próximo sábado (23 de novembro). O confronto terá transmissão exclusiva do FOX Sports para a TV fechada no sábado a partir das 15h.

Leia também!

Messi responde 'convite' de Cavani para briga em amistoso; confira

Com aval de Tiago Nunes, Corinthians encaminha 'barca' para 2020

Governo de Lima diz como será forte esquema para Flamengo x River

Crédito da foto: Reuters

Publicidade
Link copiado para a área de transferência!
Publicidade