Depois de 'não' ao Flamengo, Balotelli sofre com problemas na Itália

Depois de 'não' ao Flamengo, Balotelli sofre com problemas na Itália

Atacante foi alvo de racismo, vê time na zona do rebaixamento do Campeonato Italiano e só balança as redes duas vezes

FOX Sports

O Flamengo negociou com Balotelli e levou seus torcedores à loucura. Os rubro-negros invadiram as redes sociais do atacante pedindo pela chegada ao clube carioca. No entanto, em agosto deste ano, o clube divulgou nota oficial desistindo do negócio. 

Veja as últimas do Mercado da Bola e quem pode chegar ao seu time

Após rodadas de negociações, Balotelli disse 'não' ao Rubro-Negro e optou por acertar logo em seguida com o modesto Brescia, da Itália. O polêmico goleador usou seu perfil oficial no Instagram para agradecer o carinho dos flamenguistas. 

Gringos elegem os cinco maiores do Brasil; veja o resultado

"Obrigado torcida rubro-negra por todas as mensagens e manifestações de afeto nesses últimos dias. Boa sorte ao Flamengo e a todos vocês", publicou com dois corações nas cores vermelho e preta. 

Dias depois confirmou seu retorno à Itália. "Finalmente, eu estou voltando para casa, para a minha cidade. Brescia, estou aqui". 

Ver essa foto no Instagram

Obrigado! ????

Uma publicação compartilhada por Mario Balotelli??????‍??‍???? (@mb459) em

No Brescia, Balotelli custou a estrear. Depois de um período buscando a melhor forma física e técnica, entrou em campo com a nova camisa no dia 24 de setembro, na derrota por 2 a 1 para a Juventus. De lá para cá, o atacante atuou em sete partidas, marcando apenas dois gols (números do site O Gol). 

Neste sábado (9 de novembro), o Brescia foi atropelado em casa, 4 a 0 para o Torino. Com o resultado, a equipe segue na zona do rebaixamento, na penúltima colocação, em 19º, com apenas sete pontos em 11 jogos disputados. 

Se não bastasse a má fase em campo, Balotelli também sofreu com outro lamentável episódio: foi alvo de racismo. O atacante ouviu coros racistas da torcida do Hellas Verona enquanto protegia bola próximo à linha de fundo. O jogador não se conteve e deu um chutão em direção às arquibancadas. 

Leia também!

Renato Gaúcho volta a provocar o Flamengo: “E se não ganhar?”

Brasileiro lembra da relação com Jesus na Europa: “Gritava como um maluco”

Der Klassier: cinco jogos decisivos entre Bayer e Borussia nos últimos anos; veja

(Crédito da imagem: Instagram Brescia)

Publicidade
Link copiado para a área de transferência!
Publicidade