Cinco jogos decisivos entre Bayern de Munique e Borussia Dortmund nos ultimos anos

Cinco jogos decisivos entre Bayern de Munique e Borussia Dortmund nos últimos anos

Ambas as equipes se encontrarão neste sábado (9), na Allianz Arena. O FOX Sports transmite o jogo ao vivo e com exclusividade, a partir das 13h30

FOX Sports

A rivalidade entre Bayern de MuniqueBorussia Dortmund ganhará novos capítulos neste sábado (9 de novembro) pela 11° rodada da Bundesliga, quando as duas equipes se enfrentarão na Allianz Arena, com transmissão ao vivo e exclusiva do FOX Sports a partir de 13h30. E, nos últimos anos, os dois rivais fizeram alguns jogos decisivos. Confira cinco dessas "decisões" entre bávaros e aurinegros.

Gringos elegem os cinco maiores do Brasil; veja o resultado

- Final da Champions League 2012/13: Bayern de Munique 2 x 1 Borussia Dortmund

Essa partida foi a maior da história do clássico. Os bávaros vinham de uma vitória impactante sobre o Barcelona, enquanto o Dortmund vinha embalado por ter eliminado o Real Madrid com atuação de gala de Lewandowski. O jogo foi bastante disputado, com as duas equipes criando diversas chances. Na segunda etapa, o Bayern aumentou a pressão e, em bola cruzada depois do rebote dado por Weidenfeller, Mandzukic cabeceou para marcar sem goleiro.

No lance seguinte, o Borussia saiu em direção à área e Dante acabou desviando a bola com a mão. O juiz marcou pênalti e Gündogan converteu para empatar. Tudo parecia caminhar para um empate no tempo regulamentar. O zagueiro aurinegro Subotic ainda salvou uma bola quase na linha. Mas, aos 45 minutos da segunda etapa, após boa jogada individual, Robben tirou do goleiro adversário e marcou o gol derradeiro que selou o título bávaro. Na semana seguinte, a equipe de Munique ainda conquistaria a Copa da Alemanha, sacramentando a conquista da Tríplice Coroa.

Veja as últimas do Mercado da Bola e quem pode chegar ao seu time

- Final da Copa da Alemanha 2011/12: Borussia Dortmund 5 x 2 Bayern de Munique

A temporada 2011/12 foi histórica para o Borussia Dortmund. Depois de conquistar a Bundesliga pela segunda vez consecutiva, o time chegou a final da Copa da Alemanha com a chance de conquistar os dois torneios nacionais na mesma temporada pela primeira vez em sua história. E os comandados de Jürgen Klopp foram soberanos em Berlim. Logo aos três minutos de jogo, Blaszczykowski tocou para Kagawa no meio da área, que abriu o placar da partida. Aos 25, porém, Robben empatou de pênalti.

Aos 41 minutos da primeira etapa, Hummels colocou a equipe aurinegra na frente novamente de pênalti e o Dortmund começou a trilhar o caminha para a conquista. Quatro minutos depois, com a defesa do Bayern aberta, Lewandowski tocou na saída de Neuer e marcou o terceiro. Na segunda etapa, aos 13 minutos, Grosskreutz fez boa jogada pela esquerda e abriu para o atacante polonês finalizar livre e ampliar a vantagem. Ribéry ainda diminuiu o placar faltando 15 minutos para o final, mas Lewy aproveitou a falha do goleiro adversário cinco minutos depois e fechou o caixão, fazendo do Borussia campeão. Naquela temporada, inclusive, os bávaros ficaram na segunda colocação tanto da Copa quanto da Bundesliga, atrás dos aurinegros.

Carlos Alberto toma uma guilhotina em aula de MMA com equipe do FOX Fight Club

- Semifinal da Copa da Alemanha 2016/17: Bayern de Munique 2 x 3 Borussia Dortmund

A temporada aurinegra não era das melhores. O time estava longe da disputa pelo título da Bundesliga e havia sido eliminado nas quartas da Champions League depois de sofrer um atentado terrorista em sua cidade e as notícias sobre brigas entre Thomas Tuchel e o elenco agitavam a imprensa local. Sem contar que a partida ainda seria na Allianz Arena. Tudo caminhava para uma classificação do Bayern sem sustos. Só esqueceram de contar isso para o Borussia Dortmund.

O placar foi aberto aos 17 minutos da primeira etapa. Após uma falha de Javi Martínez, Marco Reus aproveitou o rebote do chute de Raphäel Guerreiro para empurrar para as redes sem goleiro. Dez minutos depois, porém, o mesmo Javi Martínez aproveitou a bola jogada na área em escanteio e empatou o jogo. O Bayern cresceu na partida e, antes do fim do primeiro tempo, Hummels virou o placar. Os bávaros ainda tiveram duas chances de ampliar com Lewandowski e Robben. Mas, na metade da segunda etapa, Aubameyang empatou de cabeça e voltou a colocar o time no jogo. E, faltando quinze minutos para o fim, após Guerreiro roubar a bola da Lahm no campo de defesa e puxar o contra-ataque, Dembélé cortou o marcador na área e chutou no ângulo de Ulreich, virando a partida e colocando o Borussia na final. 

- Final da Copa da Alemanha 2013/14: Bayern de Munique 2 x 0 Borussia Dortmund

Depois da final da Champions League na temporada anterior, o retrospecto entre as duas equipes estava equilibrado. Na estreia de Guardiola pelo Bayern, na Supercopa da Alemanha, o Borussia havia vencido em casa por 4 a 2. Na partida seguinte, pela Bundesliga, em Dortmund, o Bayern venceu por 3 a 0, com direito a gol de Götze. Na volta, quando os bávaros já haviam conquistado a taça do torneio, os comandados de Klopp devolveram o placar do turno na casa do rival. A quarta partida naquele ano estava marcada para a final da Copa da Alemanha e prometia fortes emoções.

A partida foi equilibrada do início ao fim, com ambos os goleiros tendo atuações de se invejar. A partida terminou com o placar zerado no tempo regulamentar, mas com uma polêmica que favoreceu a equipe bávara. Aos 15 minutos do segundo tempo, Hummels marcou de cabeça após cobrança de falta, mas a arbitragem não marcou o gol, por considerar que Dante tirou a bola antes dela entrar. No segundo tempo da prorrogação, Robben e Müller marcaram e o título foi para Munique.

- 30° rodada da Bundesliga 2011/12: Borussia Dortmund 1 x 0 Bayern de Munique

A temporada 2011/12 não teve somente uma, mas duas partidas marcantes entre Borussia Dortmund e Bayer de Munique. Na 30° rodada daquela Bundesliga, a situação vivida pelas duas equipes era parecida com a atual. O time aurinegro estava com três pontos de vantagem para os bávaros e uma vitória os deixaria muito próximos da conquista do bicampeonato. O clima no Signal Iduna Park era de decisão.

O Borussia mostrava superioridade durante toda primeira etapa, mas Neuer fez grande atuação e impediu os aurinegros a abrirem o placar. Faltando 15 minutos para o final, porém, Grosskreutz finalizou de fora da área, Lewandowski desviou de letra e os comandados de Klopp rumaram para a vitória. Robben ainda teve a chance de empatar a partida de pênalti, aos 40 minutos da segunda etapa, mas Weidenfeller defendeu. Essa cobrança ficou marcada pela provocação feita por Subotic logo depois da cobrança perdida. 

Leia também!

‘Lei de Guardiola’ coloca até o Grêmio na briga pelo título do BR-19

Real Madrid pode ‘quebrar’ o mercardo por sucessor de C. Ronaldo

Neymar é advertido, mas escapa de suspensão por agressão a torcedor

Crédito da foto: EFE

Publicidade
Link copiado para a área de transferência!
Publicidade