Zidane abre o jogo sobre possivel demissao do Real Madrid Essa situacao ja conhecemos

Zidane abre o jogo sobre possível demissão do Real Madrid: "Essa situação já conhecemos"

Em entrevista coletiva nesta segunda-feira (21), o técnico francês ainda negou que a fase ruim que vive a equipe seja culpa dos jogadores

FOX Sports

Tricampeão da Champions League com o Real Madrid, o técnico Zinedine Zidane voltou ao Santiago Bernabéu na última temporada como salvador da pátria, substituindo Santiago Solari. O trabalho desempenhado pelo francês desta vez, porém, tem se mostrado bem diferente ao da sua pimeira passagem no clube. E com isso, crescem cada vez mais os rumores de que ele poderá ser demitido, principalmente se voltar a tropeçar nesta terça-feira (22 de outubro), em compromisso contra o Galatasaray-TUR pela Champions League.

Veja as últimas do Mercado da Bola e quem pode chegar ao seu time

Gringos elegem os cinco maiores do Brasil; veja o resultado

Em entrevista coletiva nesta segunda (21), antes do duelo em Istambul, o treinador falou sobre essa possibilidade de deixar o Merengue antes do previsto e deixou claro: a partida desta terça será uma espécie de final para a equipe.

“Sim (será uma final), mas é sempre assim. Faz 18 anos que estou aqui, o mesmo aconteceu comigo como jogador. Eu sei onde estamos. Haverá pressão. A única coisa é preparar o jogo, conhecemos a situação, mas nada vai mudar. O que vai acontecer amanhã não vai mudar. Haverá muitos jogos. Até o final, tentaremos começar amanhã, e devemos ganhar todos os três pontos. A pressão, que sempre diz que é preciso mudar de treinador, não conseguimos mudá-la”, começou dizendo Zidane.

Carlos Alberto toma uma guilhotina em aula de MMA com equipe do FOX Fight Club

“Não sei (se o cargo está em jogo). Não pergunte isso a mim. Quero ficar aqui para sempre. É uma situação que todos conhecemos. Pergunte a outro”, prosseguiu, falando sobre a chance de demissão, em caso de tropeço na Turquia.

Por último, Zidane ainda negou que o motivo para o início ruim de temporada do Real não é culpa dos jogadores, e sim dele mesmo. Vale lembrar que o Merengue vem de derrota por 1 a 0 para o Mallorca, no último sábado (19), pela La Liga, quando perdeu a liderança da competição para o seu arquirrival, Barcelona.

“Não é assim que as coisas funcionam. É uma equipe. Não devemos apontar (a cupla) para ninguém. Eu sou o responsável por isso. Eu confio neste grupo”, completou.

Leia também!

Fla e Grêmio colocarão elencos de R$ 1 bilhão à prova por final

Joia francesa diz que interesse do Barça ‘influenciou’ seu futebol

Jornal revela os bastidores do vestiário do Real após derrota

Crédito da foto: EFE

Publicidade
Link copiado para a área de transferência!
Publicidade