Tiago Nunes cita equipe semifinalista da Libertadores como grande influência em seu trabalho

Treinador do Athletico ainda afirmou que River, Boca, Grêmio e Flamengo são as melhores equipes da América do Sul no momento

WWE MONDAY NIGHT RAW
WWE MONDAY NIGHT RAW
ao vivo
BAIXE O APLICATIVO
FOX Sports

Na noite deste domingo (20 de outubro), o Athletico-PR empatou dentro de sua casa com o Palmeiras em 1 a 1. Após a partida, o técnico Tiago Nunes teceu grandes elogios à equipe do River Plate. Segundo o comandante athleticano, os Millonarios foram os adversários deste ano que mais lhe deram prazer durante a análise e a sua equipe conseguiu se aproximar destes no segundo semestre.

Veja as últimas do Mercado da Bola e quem pode chegar ao seu time

Gringos elegem os cinco maiores do Brasil; veja o resultado

“Eu aprendi muito com o River. O River foi uma equipe que me deu muito prazer de analisar. Eu vi 12 jogos antes de enfrentá-los. E me chamou a atenção, principalmente, a capacidade competitiva deles. Porque a gente ainda acredita, no Brasil, que somos competitivos, mas a gente ainda está distante dessas equipes sul-americanas. Como o River Plate, que hoje, para mim, joga o futebol mais equilibrado da América do Sul, que defende tão forte e ataca tão forte, de uma maneira muito parecida”, disse o comandante.

“E vai se transformando nos últimos anos, mudando jogadores, sem perder as suas características. E, para mim, fica claro que, depois da parada para a Copa América, a gente se tornou uma equipe mais próxima, em termos competitivos, da equipe do River. Porque a gente mudou algumas questões de treinamentos, a gente exigiu mais, a gente mudou a característica das atividades, diminuiu as pausas, aumentou os volumes, cobrou mais. A gente não ficou satisfeito com aquilo que apresentou no primeiro semestre”, completou.

Além disso, Nunes ainda listou os quatro semifinalistas da Conmebol Libertadores deste ano como as melhores equipes do continente no momento, afirmando que, para ser campeão mundial, o Athletico terá que passar por times como esses.

“Para uma equipe que quer ser campeã mundial, você primeiro precisa ser campeão da Libertadores. Então, o objetivo é vencer os melhores da América. E, para mim, os melhores são River Plate, Boca Juniors, Grêmio, Flamengo, hoje, times que tem esse know-how, e a gente está muito próximo de competir com esses caras daí”, finalizou.

Carlos Alberto toma uma guilhotina em aula de MMA com equipe do FOX Fight Club

Leia também!

Flamengo pode pagar valor histórico por Gabigol

Federação Espanhola adia Barcelona x Real Madrid

PSG gastará milhões contra assédio do Real por Mbappé

Crédito da foto: Marco Galvão/Fotoarena

Publicidade
Link copiado para a área de transferência!
Publicidade