Bruno Alves será reavaliado e pode ser desfalque no São Paulo após forte pisão no tornozelo

Bruno Alves será reavaliado e pode ser desfalque no São Paulo após forte pisão no tornozelo

Entrada sofrida ainda no início do primeiro tempo rendeu o cartão vermelho direto ao centroavante Brenner, do Avaí

PRÉ-JOGO LIBERTADORES: FLAMENGO X RIVER PLATE (ARG)
PRÉ-JOGO LIBERTADORES: FLAMENGO X RIVER PLATE (ARG)
ao vivo
CONMEBOL LIBERTADORES: FLAMENGO X RIVER PLATE (ARG)
CONMEBOL LIBERTADORES: FLAMENGO X RIVER PLATE (ARG)
ao vivo
CAMPEONATO ALEMÃO: BORUSSIA DORTMUND X PADERBORN
CAMPEONATO ALEMÃO: BORUSSIA DORTMUND X PADERBORN
ao vivo
WWE MONDAY NIGHT RAW
WWE MONDAY NIGHT RAW
ao vivo
BAIXE O APLICATIVO
Gazeta Press

O zagueiro Bruno Alves será reavaliado pelo departamento médico do São Paulo após sofrer um pisão no tornozelo durante o duelo com o Avaí, neste domingo, no Morumbi. Substituído no intervalo, o defensor prontamente começou o tratamento com uma compressa de gelo e fará exames para saber a real gravidade da lesão.

“Senti muita dor, o pisão foi feio. Amanhã de manhã devo estar indo ao CT, mas acredito que não seja nada mais sério. A dor aumentou um pouco, amanhã vou estar no CT, mas acredito que, pelas primeiras informações do Doutor, não é nada mais sério”, afirmou Bruno Alves.

Veja as últimas do Mercado da Bola e quem pode chegar ao seu time

Gringos elegem os cinco maiores do Brasil; veja o resultado

O zagueirão tricolor também acredita que a expulsão de Brenner na sequência foi merecida. Contra o Bahia, Toró acabou recebendo cartão vermelho por uma entrada bastante semelhante à do atacante do Avaí. Ao menos desta vez, a arbitragem do Campeonato Brasileiro seguiu um critério.

“Foi merecida, sim [a expulsão]. Tinha desarmado a bola já, aí ele pisou. Olhando o lance no final do jogo, foi um lance muito forte, tanto é que poderia ter pegado a parte de dentro do meu joelho também. Acredito que o juiz acertou na expulsão e, graças a Deus, não foi nada mais sério”, prosseguiu.

A substituição do zagueiro no intervalo do jogo contra o Avaí, no entanto, não se deveu apenas à entrada violenta de Brenner. Como havia recebido cartão amarelo, Bruno Alves poderia ser expulso caso precisasse matar a jogada em um contra-ataque dos adversários. Precisando alcançar a vitória, Fernando Diniz optou por recuar Luan para fazer dupla de zaga com Arboleda e acionar Igor Gomes.

“Já não estava mais 100% e também pelo cartão [fui substituído]. A gente estava jogando em casa, tínhamos que apoiar. Não fiquei 100%, com cartão era perigoso em um contra-ataque precisar matar a jogada e ser expulso”, completou.

Crédito: Maurício Rummens/ Fotoarena

Publicidade
Link copiado para a área de transferência!
Publicidade