A declaração de Messi que pegará muitos de surpresa sobre retorno de Neymar ao Barcelona

A declaração de Messi que pegará muitos de surpresa sobre retorno de Neymar ao Barcelona

Ídolo do clube catalão, craque argentino revelou pessimismo sobre as chances de o brasileiro voltar à Espanha: 'Há muita gente que não o quer de volta'

WWE MONDAY NIGHT RAW
WWE MONDAY NIGHT RAW
ao vivo
NASCAR MONSTER ENERGY: HOMESTEAD MIAMI
NASCAR MONSTER ENERGY: HOMESTEAD MIAMI
ao vivo
BAIXE O APLICATIVO
EFE

O atacante Lionel Messi admitiu na sexta-feira, em entrevista veiculada na Argentina, que o ex-companheiro Neymar não deverá sair em breve do Paris Saint-Germain para retornar ao Barcelona, clube que deixou em 2017.

"O assunto Ney é complicado, primeiro porque é difícil que saia de lá, segundo pela forma como saiu daqui", explicou o camisa 10 mais badalado da atualidade, em entrevista à Radio Metro. "Há muita gente e sócios do clube que não o quer de volta", disse o craque, sem entrar em detalhes sobre a rejeição ao brasileiro.

Veja as últimas do Mercado da Bola e quem pode chegar ao seu time

Gringos elegem os cinco maiores do Brasil; veja o resultado

Messi, no entanto, garantiu seguir próximo de Neymar, com quem conversa "seguidamente, por meio de um grupo do Whatsapp que também tem o atacante uruguaio Luis Suárez, e aproveitou para tecer elogios ao ex-Santos.

"No que diz respeito ao aspecto esportivo, Ney é um dos melhores do mundo. Se viesse, seria bárbaro para nós", avaliou.

Ainda ao falar de amigos que são grandes ídolos do futebol, Messi admitiu desejo de participar da despedida do compatriota Juan Román Riquelme, que acontecerá no dia 12 de dezembro deste ano.

Carlos Alberto toma uma guilhotina em aula de MMA com equipe do FOX Fight Club

"Se for uma data que eu estiver por lá (na Argentina) e puder, obviamente, ficarei muito feliz. Independente disso, Román merece um grande adeus por tudo o que deu ao futebol", garantiu o atacante.

Questionado sobre o momento de deixar o Barcelona, diante das notícias de que pode acertar com qualquer clube, ao fim de cada temporada, sem que seja necessário pagamento de multa, Messi afirmou que quer ficar, enquanto puder contribuir.

"Eu não quero estar aqui, se não estiver bem. Vou estar enquanto estiver competindo, me sentindo bem fisicamente, para poder render, jogar e seguir brigando pelos nossos objetivos, não porque tenho um contrato", afirmou.

Leia também!

Flamengo pode pagar valor histórico por Gabigol

Federação Espanhola adia Barcelona x Real Madrid

PSG gastará milhões contra assédio do Real por Mbappé

(Crédito da imagem: Reprodução/Instagram)

Publicidade
Link copiado para a área de transferência!
Publicidade