Militao diz palavra magica que brasileiro deve sentir pela Selecao e aguarda por Olimpíada

Militão diz “palavra mágica” que brasileiro deve sentir pela Seleção e aguarda por Olimpíada

Em entrevista exclusiva ao FOXSports.com.br, o zagueiro também falou do sonho em disputar a Copa do Mundo de 2022, no Qatar

LIGA EUROPA: MANCHESTER UNITED (ING) X AZ ALKMAAR (HOL)
LIGA EUROPA: MANCHESTER UNITED (ING) X AZ ALKMAAR (HOL)
ao vivo
LIGA EUROPA: RENNES (FRA) X LAZIO (ITA)
LIGA EUROPA: RENNES (FRA) X LAZIO (ITA)
ao vivo
LIGA EUROPA: STANDARD LIÈGE (BEL) X ARSENAL (ING)
LIGA EUROPA: STANDARD LIÈGE (BEL) X ARSENAL (ING)
ao vivo
EVENTO BENEFICENTE: NATAL SEM FOME
EVENTO BENEFICENTE: NATAL SEM FOME
ao vivo
WWE MONDAY NIGHT RAW
WWE MONDAY NIGHT RAW
ao vivo
PRÊMIO BRASILEIRÃO 2019
PRÊMIO BRASILEIRÃO 2019
ao vivo
SUPERLIGA ARGENTINA: RIVER PLATE X SAN LORENZO
SUPERLIGA ARGENTINA: RIVER PLATE X SAN LORENZO
ao vivo
SUPERLIGA ARGENTINA: ROSARIO CENTRAL X BOCA JUNIORS
SUPERLIGA ARGENTINA: ROSARIO CENTRAL X BOCA JUNIORS
ao vivo
BAIXE O APLICATIVO
Artur Rocha

Ele tem apenas 21 anos, mas já veste as camisas do Real Madrid e da Seleção Brasileira. Sua ascensão no futebol foi meteórica, uma vez que até o ano passado ainda atuava no Brasil, pelo São Paulo. Estamos falando de Éder Militão, zagueiro que é uma das principais revelações do futebol brasileiro nos últimos anos.

Nascido em Sertãozinho, em São Paulo, o defensor chegou ao Tricolor Paulista quando tinha apenas 12 anos e, depois dos muitos anos em Cotia, foi promovido aos profissionais em 2017, atuando na lateral-direita. O defensor passou a ter maior sequência na temporada seguinte, quando o clube do Morumbi liderou por algumas rodadas o Brasileirão. As boas atuações chamaram a atenção do Porto, que o contratou na metade daquele ano.

Veja as últimas do Mercado da Bola e quem pode chegar ao seu time

Gringos elegem os cinco maiores do Brasil; veja o resultado

Em Portugal, a adaptação foi tão rápida que Militão foi eleito por cinco vezes seguidas (entre setembro de 2018 e janeiro de 2019) o melhor defensor do mês do Campeonato Português, atuando como zagueiro. Em menos de um ano na Terrinha, foi contratado pelo poderoso Real Madrid, que pagou 50 milhões de euros (R$ 230 milhões) – referentes à sua multa rescisória – para levá-lo ao Santiago Bernabéu.

Carlos Alberto toma uma guilhotina em aula de MMA com equipe do FOX Fight Club

Em entrevista exclusiva ao FOXSports.com.br, Militão falou sobre a sua primeira temporada no Merengue, da adaptação, e do sonho que tem de poder disputar a Copa do Mundo de 2022, no Qatar. 

Além disso, o ex-São Paulo também abriu o jogo sobre a possibilidade de disputar os Jogos Olímpicos de 2020, em Tóquio, no Japão, apesar de no mesmo ano haver a disputa da Copa América, título o qual Militão conquistou em 2019, em solo brasileiro. 

Confira a entrevista exclusiva completa do FOXSports.com.br com Militão:

FOX Sports: Você chegou à Europa no ano passado para atuar no Porto, e numa única temporada já atraiu o interesse de um dos maiores clubes do mundo, o Real Madrid, e ainda chegou à Seleção Brasileira. Passa um filme na sua cabeça quando você para pensar sobre isso?

Éder Militão: "É muito gratificante conseguir atingir esse nível de uma forma tão rápida. Passa um filme sim, de como tudo começou, todas as dificuldades. Sabemos que o sonho de todo menino é ser jogador de futebol e poucos conseguem, ainda mais chegar no nível de grandes equipes de nível mundial. Por isso tenho que aproveitar esse momento e fazer o possível para me manter"

Você se preparou à espera desse momento ou tudo aconteceu de forma natural?

“Me preparei, só não imaginava que seria tudo tão rápido (risos). Sempre acreditei no meu potencial, mas quando estava no São Paulo, não pensava que em tão pouco tempo poderia jogar no Real Madrid e na Seleção Brasileira. Mas foi algo positivo na minha carreira, consegui amadurecer bastante nesse período"

Essa primeira passagem pelo Porto foi importante para a sua adaptação na Europa? E por que acha que se encaixou tão bem lá?

"Sem dúvida! A ida para o Porto foi perfeita para minha carreira. Além da adaptação, consegui pegar várias coisas como estilo de jogo, amadurecimento, enfim. São pequenos detalhes que me fizeram chegar com outra cabeça quando pisei aqui no Real Madrid"

Qual foi a sua reação ao saber que o Real Madrid estava atrás de você? Levou com naturalidade? Qual foi a sua reação depois de ter assinado contrato e tudo mais?

"Fiquei maluco, né? (risos). Não tinha como. Acho que qualquer jogador do planeta teria a mesma reação. Imagina você saber que o maior clube quer contar com seus serviços? Levei com naturalidade, mas aquela leve ansiedade para dar tudo certo. Depois de assinado foi aquela sensação de alívio com muita felicidade"

Antes de ir para o Real Madrid, entrou em contato com algum jogador de lá para saber como eram as coisas em Madri ou foi na cara e na coragem?

"Eu já tinha contato com Casemiro, até por conta da Seleção. Ele comentou comigo sobre os costumes do clube, que era tudo espetacular, também falou da cultura, como funciona. Foi me guiando!”

Quem mais tem te ajudado nesse início de trajetória no Real Madrid?

"Casemiro e Marcelo. Pois eles já estavam no clube e são brasileiros"

Qual jogador do Real Madrid mais te impressionou ao vê-lo de perto? E como foi o primeiro contato?

"Marcelo, porque nunca tinha visto jogando de perto, e o Sergio Ramos. São duas pessoas incríveis, jogar do lado deles está sendo muito marcante. Estava acostumado a ver pela televisão e agora poder jogar no mesmo time é muito bom"

E o primeiro contato com o Zidane, como foi? Te impressionou de alguma forma?

"O Zidade é uma pessoa espetacular e, além disso, foi um dos maiores jogadores da sua geração. Então isso deixa qualquer jogador com uma grande admiração por ele, por tudo que fez dentro dos gramados e como trata os jogadores"

Sempre que o Real Madrid apresenta um jogador, o Florentino Pérez, presidente, marca presença. Como foi o primeiro contato com um dos maiores dirigentes do futebol mundial?

"É um ícone para o Real Madrid e sua torcida. Está no clube há bastante tempo e todos têm muito carinho e respeito por ele. Para mim foi uma honra muito grande podê-lo conhecer pessoalmente logo na apresentação"

O Real Madrid sempre contou com muitos brasileiros no seu plantel, Ronaldo, Roberto Carlos, Cicinho, Emerson, Kaká, entre outros... algum deles é mais idolatrado que outros?

"Ronaldo, Roberto Carlos e Kaká. Por tudo o que fizeram, mas também não podemos esquecer do Marcelo, que tem uma linda história aqui. Se puder, incluiria também o Casemiro"

Acha que todo brasileiro, quando contratado por um grande clube, tem uma pressão a mais do que os outros, pelo simples fato de o futebol do Brasil ser o único pentacampeão do mundo, ou não tem isso?

"Tem (risos). Mas faz parte. Não me incomodo, só peço que deem oportunidade para a gente demonstrar o futebol e se formos mal, seremos cobrados de forma natural. Mas quando a chance dentro do gramado vem, a responsabilidade é total nossa. Estamos aqui por mérito nosso, mas se falharmos, será por culpa nossa também. Então não me incomoda ou atrapalha essa pressão"

Como você projeta a temporada do Real Madrid? Acredita que esse ano o clube poderá voltar a ter o prazer de conquistar um título importante, seja a La Liga, Champions League, Copa da Espanha...?

"É difícil prometer títulos para o torcedor, mas vamos brigar por eles. Na seleção da FIFA, o Real é o único time com três jogadores (Marcelo, Sérgio Ramos e Modric). Temos obrigação de chegar forte em todas as competições"

Você tem sido nome frequente nas convocações do Tite desde o ínicio desse novo ciclo de quatro anos. Ser convocado desde novo para a Seleção traz alguma vantagem? Conseguiria definir em uma única palavra o que é vestir essa camisa verde-e-amarela?

"Acho que a palavra correta para definir vestir a camisa da seleção é recompensa. Sou muito grato por estar constantemente na lista do Tite, mas não posso me acomodar e achar que sou vitalício ali. Tenho que trabalhar muito, todos os dias, para provar que mereço novamente ser convocado. Não acho que tem vantagem, o Tite conhece muito bem Rodrigo Caio, Marquinhos, Thiago Silva, entre outros"

Você tem expectativa de poder disputar os Jogos Olímpicos do próximo ano? Apesar de ainda não ter sido chamado pelo André Jardine, acredita que poderá estar na lista final? Alguém da CBF já te procurou para tratar sobre o assunto?

"Não sei como irá funcionar isso porque no mês anterior tem Copa América. Caso eu seja convocado, talvez dê algum tipo de conflito e tenha que retornar ao Real Madrid. Pode ser que a CBF me coloque para as Olimpíadas, mas para ser bem sincero não penso nisso, senão acabo não indo para nenhuma (risos)"

Estar na Copa do Mundo de 2022 é a principal meta que tem na carreira nesse momento?

"Sim, isso sim. É disparado o maior torneio que um jogador pode jogar. É o ápice, o auge. Mas como falei anteriormente, tenho que focar aqui no Real Madrid, ir aos poucos, sem avançar etapas"

Quem foi o jogador mais chato que já teve que marcar na carreira?

"Mohamed Salah. É um jogador que não para de correr (risos), com ele foi bem complicado" 

Quem é a sua grande inspiração dentro das quatro linhas? Aquele jogador que amava assistir jogando, que até mesmo tentava copiar?

"Sergio Ramos. Pelas grandes conquistas que ele teve, é sensacional. Vai para o ataque, faz gol, é muito respeitado"

A quem você deve essa fase tão especial na carreira?

"Todos que tiveram comigo desde o início. Minha família, Ulisses (meu empresário), e meus amigos de verdade. Óbvio que não posso esquecer do São Paulo, Porto e os atuais colegas do Real Madrid. Cada um na sua proporção me ajudaram demais para chegar até onde cheguei. Jamais vou esquecer e sou muito grato"

Qual o segredo para ser um zagueiro tão ‘frio’ dentro de campo, mesmo só com 21 anos?

"Acho que o fato de estar muito atento ao jogo. Tenho a impressão que os atacantes pensam que estou cansado, mas eu costumo analisar os atacantes, ter uma leitura e com isso procuro sempre antecipar e fazer os desarmes”

O que mais te impressiona no Real Madrid?

"A sala de troféus (risos). Maior campeão da Liga dos Campeões, né? (Risos). Outra coisa que chamou muita atenção foi a estrutura. É diferente!".

Crédito da foto: Lucas Figueiredo/ CBF

 

 

Publicidade
Link copiado para a área de transferência!
Publicidade