Polícia búlgara prende mais cinco torcedores acusados de atos racistas

Polícia búlgara prende mais cinco torcedores acusados de atos racistas

Criminosos estiveram nas arquibancadas e proferiram xingamentos racistas e gestos nazistas aos atletas negros ingleses

WWE MONDAY NIGHT RAW
WWE MONDAY NIGHT RAW
ao vivo
NASCAR MONSTER ENERGY: HOMESTEAD MIAMI
NASCAR MONSTER ENERGY: HOMESTEAD MIAMI
ao vivo
BAIXE O APLICATIVO
EFE

A polícia da Bulgária prendeu, nesta sexta-feira, mais cinco torcedores pelos incidentes racistas ocorridos na última segunda, durante a partida entre a seleção búlgara e Inglaterra, pela Liga Europa.

Agora, segundo o Ministério do Interior búlgaro, 11 pessoas já foram presas por conta desses incidentes, enquanto que a polícia segue buscando por outros cinco torcedores.

Veja as últimas do Mercado da Bola e quem pode chegar ao seu time

Gringos elegem os cinco maiores do Brasil; veja o resultado

A partida, que terminou com uma goleada da Inglaterra por 6 a 0, foi interrompida duas vezes no primeiro tempo diante da atitude violenta de alguns torcedores, que também fizeram saudação nazista e levaram camisetas com o lema "No Respect".

As primeiras detenções ocorreram na última quarta-feira, quando a polícia prendeu um total de seis pessoas, após depoimento de várias testemunhas e analisar as imagens das câmeras de segurança do Estádio Nacional, em Sófia.

Carlos Alberto toma uma guilhotina em aula de MMA com equipe do FOX Fight Club

Das seis pessoas detidas, apenas uma, um jovem de 18 anos, segue sob custódia policial, enquanto o restante foi colocado em liberdade e pagará uma multa, explicou a porta-voz do ministério.

Este escândalo levou à renúncia do presidente da Federação Búlgara de Futebol, Borislav Mihaylov.

Leia também!

Flamengo pode pagar valor histórico por Gabigol

Federação Espanhola adia Barcelona x Real Madrid

PSG gastará milhões contra assédio do Real por Mbappé

Crédito da foto: EFE

Publicidade
Link copiado para a área de transferência!
Publicidade