Southgate diz que Inglaterra mandou duas mensagens em goleada marcada por gritos racistas

Southgate diz que Inglaterra mandou 'duas mensagens' em goleada marcada por gritos racistas

Confronto vencido pelo 'English Team' por 6 a 0 diante da Bulgária, foi paralisado em duas oportunidades em meio as ofensas e até saudações nazistas flagradas pelas câmeras

PRÉ-JOGO LIBERTADORES: FLAMENGO X RIVER PLATE (ARG)
PRÉ-JOGO LIBERTADORES: FLAMENGO X RIVER PLATE (ARG)
ao vivo
CAMPEONATO ALEMÃO: FORTUNA DÜSSELDORF X BAYERN DE MUNIQUE
CAMPEONATO ALEMÃO: FORTUNA DÜSSELDORF X BAYERN DE MUNIQUE
ao vivo
CONMEBOL LIBERTADORES: FLAMENGO X RIVER PLATE (ARG)
CONMEBOL LIBERTADORES: FLAMENGO X RIVER PLATE (ARG)
ao vivo
CAMPEONATO ALEMÃO: BORUSSIA DORTMUND X PADERBORN
CAMPEONATO ALEMÃO: BORUSSIA DORTMUND X PADERBORN
ao vivo
WWE MONDAY NIGHT RAW
WWE MONDAY NIGHT RAW
ao vivo
BAIXE O APLICATIVO
EFE

Gareth Southgate, treinador da seleção da Inglaterra, classificou de inaceitável a situação pela qual seus jogadores passaram nesta segunda-feira, quando receberam insultos racistas vindos de torcedores da Bulgária, durante o duelo entre as duas seleções, em Sófia, pelas Eliminatórias da Eurocopa de 2020.

O confronto, vencido pelo 'English Team' por 6 a 0, foi paralisado em duas oportunidades pelo árbitro croata Ivan Bebek, em meio as ofensas e até saudações nazistas flagradas pelas câmeras.

Veja as últimas do Mercado da Bola e quem pode chegar ao seu time

Gringos elegem os cinco maiores do Brasil; veja o resultado

"Avisamos imediatamente quando ouvimos algo. Estivemos em comunicação o tempo todo com o quarto árbitro e com o árbitro principal. Eu estava em contato com os jogadores. Todos sabemos que é uma situação inaceitável", explicou Southgate.

Alguns torcedores foram retirados do Estádio Nacional, que estava com sua capacidade reduzida em 5 mil espectadores por conta de episódios semelhantes. Com isso, o jogo válido pela sexta rodada do grupo A prosseguiu.

"Conseguimos enviar duas mensagens, vencendo a partida e mostrando essa situação para todos. A partida parou duas vezes e sei que isso não será suficiente para alguns", completou o técnico.

Carlos Alberto toma uma guilhotina em aula de MMA com equipe do FOX Fight Club

Além disso, o zagueiro Tyrone Mings, que fez sua estreia com a camisa da Inglaterra, confirmou que os jogadores tomaram a decisão de prosseguir com a partida.

"Decidimos continuar jogando o que restava (antes do intervalo) e no vestiário decidimos continuar", disse o jogador do Aston Villa.

Dos seis gols dos ingleses, dois foram marcados por jogadores negros: Marcus Rashford e Raheem Sterling (dois). O placar foi completado por Harry Kane e Ross Barkley, que também balançou as redes em duas oportunidades.

Leia também!

Flamengo monta operação para ter dois reforços contra o Fortaleza 

Jogador do Palmeiras dispara: “É ruim não estar jogando”

A frase de Carille que pode irritar ainda mais a torcida do Corinthians

(Crédito da imagem: Agência Reuters)

Publicidade
Link copiado para a área de transferência!
Publicidade