Chapecoense arranca empate no final e Cruzeiro segue sem vencer no Brasileirão

Chapecoense arranca empate no final, e Cruzeiro segue sem vencer no Brasileirão

Raposa abriu o placar com Dedé, mas deixou Chapecó com igualdade em 1 a 1 no placar

SUPERLIGA ARGENTINA: RIVER PLATE X SAN LORENZO
SUPERLIGA ARGENTINA: RIVER PLATE X SAN LORENZO
ao vivo
SUPERLIGA ARGENTINA: ROSARIO CENTRAL X BOCA JUNIORS
SUPERLIGA ARGENTINA: ROSARIO CENTRAL X BOCA JUNIORS
ao vivo
CAMPEONATO ALEMÃO: UNION BERLIN X COLÔNIA
CAMPEONATO ALEMÃO: UNION BERLIN X COLÔNIA
ao vivo
SUPERLIGA ARGENTINA: LANÚS X RACING
SUPERLIGA ARGENTINA: LANÚS X RACING
ao vivo
HIPISMO: 8ª ETAPA LONGINES XTC
HIPISMO: 8ª ETAPA LONGINES XTC
ao vivo
CAMPEONATO ALEMÃO: BAYER LEVERKUSEN X SCHALKE
CAMPEONATO ALEMÃO: BAYER LEVERKUSEN X SCHALKE
ao vivo
CAMPEONATO ALEMÃO: BORUSSIA DORTMUND X DÜSSELDORF
CAMPEONATO ALEMÃO: BORUSSIA DORTMUND X DÜSSELDORF
ao vivo
CAMPEONATO ALEMÃO: BORUSSIA MÖNCHENGLADBACH X BAYERN DE MUNIQUE
CAMPEONATO ALEMÃO: BORUSSIA MÖNCHENGLADBACH X BAYERN DE MUNIQUE
ao vivo
BAIXE O APLICATIVO
Gazeta Press

Em duelo direto pela permanência na elite do futebol brasileiro, Chapecoense e Cruzeiro se enfrentaram neste domingo (13 de outubro), na Arena Condá, em Chapecó, pela 25ª rodada do Brasileirão. Após o gol de Dedé no começo, a Chape pressionou bastante, mas parou no goleiro Fábio. Na etapa complementar, apesar da Raposa ter mostrado solidez no sistema defensivo, os donos da casa arrancaram o empate no último lance do jogo. Camilo fez o gol que sacramentou o 1 a 1.

Veja as últimas do Mercado da Bola e quem pode chegar ao seu time

Gringos elegem os cinco maiores do Brasil; veja o resultado

O resultado deixa o Cruzeiro quatro pontos atrás do Ceará, primeiro time fora da zona de rebaixamento. O Verdão, por sua vez, não sabe o que é vencer há 10 rodadas e segue na lanterna da competição, com 16 pontos somados.

Com o intuito de continuar tentando fugir da degola, a Raposa vai contar com o apoio da sua torcida para bater o São Paulo. A partida acontece nesta quarta-feira (16), às 21h, no Mineirão. Do outro lado, no mesmo dia e horário, a Chapecoense visita o Palmeiras, no Allianz Parque.

O jogo

A partida começou eletrizante. Com três minutos no relógio, a defesa anfitriã afastou mal a cobrança de escanteio e a bola sobrou nos pés de Fred. O centroavante escorou para Dedé, que bateu forte e inaugurou o marcador. A torcida da Chape empurrava o time e, dentro de campo, a resposta foi imediata. Depois que Fábio defendeu a boa cabeçada de Roberto, o meia Régis emendou o rebote e exigiu novo trabalho do goleiro.

A partir de então, o time de Chapecó adiantou suas linhas e passou a pressionar a Raposa. Aos 26 minutos, Henrique Almeida explorou bom cruzamento pelo lado direito, mas acabou mandando por cima da meta mineira. A tônica do jogo seguiu a mesma até o último minuto do primeiro tempo, quando o atacante David chutou firme e viu a chance de ampliar explodir na trave.

Carlos Alberto toma uma guilhotina em aula de MMA com equipe do FOX Fight Club

Na volta do vestiário, a Chape continuou trocando passes no setor ofensivo e primeira chance de deixar tudo igual se apresentou com 12 minutos. Um dos principais jogadores dos donos da casa na partida, Régis recebeu bom passe de Camilo e o goleiro cruzeirense espalmou a finalização. Em nova tentativa da equipe de Marquinhos Santana, Fábio deu rebote para o meio da grande área, mas ele mesmo afastou.

Encurralado, Abel braga promoveu uma mudança importante. Com Pedro Rocha no lugar de Marquinhos Gabriel, o Cruzeiro começou a ter mais velocidade na saída de jogo e, aos 29 minutos, teve sua primeira chance das egunda etapa. O atacante lançou Éderson. O meia fez bela jogada individual e serviu Thiago Neves, que desperdiçou uma grande chance.

A Chapecoense tentava esboçar uma reação, porém, o Cruzeiro se defendia muito bem e, no contra-ataque, passou a ser responsável pelas melhores oportunidades. Faltando 15 para o apito final, Fred recebeu sozinho dentro da área, dominou mal e ficou muito perto para tirar do goleiro. Com 44 jogados, Pedro Rocha rolou para Thiago Neves bater por cima da meta adversária. O árbitro deu quatro de acréscimos e, com quase 50 no relógio, Camilo mostrou oportunismo para aproveitar o rebote de Fábio e balançar as redes. Após revisado pelo VAR, o lance foi validado e deu números finais ao jogo.

FICHA TÉCNICA

CHAPECOENSE 0 X 1 CRUZEIRO

Árbitro: Caio Max Augusto Vieira (RN)

Assistentes: Alessandro Alvaro Rocha de Matos (FIFA/BA) e Jean Marcio dos Santos (RN)

VAR: Adriano Milczvski (PR)

Cartões Amarelos: Rafael Pereira (Chapecoense); Pedro Rocha (Cruzeiro)

Gols:

Cruzeiro: Dedé (3 minutos do 1º tempo);

Chapecoense: Camilo (49 minutos do 2º tempo)

CHAPECOENSE: João Ricardo; Bryan (Renato), Douglas, Rafael Pereira e Roberto; Elicarlos, Gustavo Campanharo, Bruno Pacheco, Camilo e Régis (Diego Torres); Arthur Gomes (Vini Locatelli).

Técnico: Marquinhos Santos

CRUZEIRO: Fábio, Edílson (Weverton), Dedé, Fabrício Bruno e Egídio; Henrique, Éderson, Thiago Neves e Marquinhos Gabriel (Pedro Rocha); David (Ariel Cabral) e Fred.

Técnico: Abel Braga.

Saiba mais!

Filha de Renato Gaúcho relata agressão por torcedores do Fla: "Horrorizada"

Fla x Grêmio: Ronaldinho Gaúcho revela torcida na Libertadores

Pegou mal? Ribéry aconselha dupla de joias a não acertar com o Bayern

Crédito da foto: Marcio Cunha/ Associação Chapecoense de Futebol 

Publicidade
Link copiado para a área de transferência!
Publicidade