Mano Menezes culpa astrologia e explica conversa ríspida com Scarpa no banco

Mano Menezes culpa astrologia e explica conversa ríspida com Scarpa no banco

Treinador e meio-campista discutiram no banco de reservas após o atleta ser substituído durante a derrota por 2 a 0 para o Santos

Gazeta Press

Derrotado pelo Santos na noite desta quarta-feira, o Palmeiras perdeu a vice-liderança do Campeonato Brasileiro e pode encerrar a 24ª rodada oito pontos atrás do Flamengo. Na Vila Belmiro, o técnico Mano Menezes, otimista, disse ainda acreditar no título e falou sobre o diálogo que teve com Gustavo Scarpa no banco de reservas.

Santos e Palmeiras têm os mesmos 47 pontos ganhos, mas o time alvinegro contabiliza uma vitória a mais (14 a 13) e, portanto, detém o segundo lugar. Com 52 pontos, o Flamengo encara o Atlético-MG às 20 horas (de Brasília) desta quinta-feira, no Maracanã.

Veja as últimas do Mercado da Bola e quem pode chegar ao seu time

Gringos elegem os cinco maiores do Brasil; veja o resultado

“O campeonato está aberto. Mais difícil, mas aberto. Temos é que voltar a vencer o próximo jogo, contra o Botafogo. Deixamos abrir um pouco e o Santos encostou com mesmo número de pontos. Então, precisamos retomar o aproveitamento”, afirmou.

Apagado, Gustavo Scarpa na etapa complementar acabou substituído por Zé Rafael. Enquanto o jogo rolava no gramado da Vila Belmiro, sentado ao lado do meia no banco de reservas, o técnico Mano Menezes foi filmado no que pareceu ser uma bronca em seu jogador.

Carlos Alberto toma uma guilhotina em aula de MMA com equipe do FOX Fight Club

“Não me lembro de ter tido nenhum tipo de conversa fora dos padrões com o Scarpa. Sempre falo com meus jogadores. Gesticulo porque sou de gêmeos e as pessoas de gêmeos gesticulam mais do que outras. Mas nada de diferente, apenas mostrando alguns aspectos importantes”, disse Mano, derrotado no Palmeiras pela primeira vez.

“A proporção das vitórias, embora a gente goste muito, era um pouco fora do padrão do Brasil. Sabemos que, em campeonato duro como o nosso, de vez em quando você não vai conseguir fazer o resultado. O Santos jogou melhor e mereceu vencer”, afirmou o técnico, agora com cinco triunfos, dois empates e um revés.
Publicidade
Link copiado para a área de transferência!
Publicidade