Fortaleza vence Chapecoense e respira na briga contra o Z 4 do Brasileirao

Fortaleza vence Chapecoense e respira na briga contra o Z-4 do Brasileirão

Nesta quarta-feira (9), o Leão do Pici levou a melhor por 2 a 0, com dois gols Wellington Paulista

Gazeta Press

O Fortaleza recebeu a Chapecoense na noite desta quarta-feira (9 de outubro) no Castelão e venceu por 2 a 0, em confronto válido pela 24ª rodada do Brasileirão. Em duelo contra o rebaixamento, a equipe da casa se deu melhor e se afastou da zona da degola, enquanto os catarinenses seguiram na lanterna da classificação.

Veja as últimas do Mercado da Bola e quem pode chegar ao seu time

Gringos elegem os cinco maiores do Brasil; veja o resultado

Os dois gols foram marcados já no segundo tempo. Aos quatro, Wellington Paulista cobrou pênalti sofrido por Romarinho e converteu. Aos 35, a bola sobrou mais uma vez para o camisa 9 dentro da área e o atacante deu números finais ao jogo.

Com a vitória, o time comandado por Rogério Ceni subiu uma posição e assumiu provisoriamente a 13ª colocação do campeonato com 28 pontos, cinco a mais que o Ceará, primeira equipe da zona do rebaixamento.

Já a Chapecoense estacionou nos 15 pontos e irá passar mais uma rodada na última posição da tabela, um ponto abaixo do Avaí, que ainda joga na rodada e pode ampliar a diferença. O time catarinense está dez pontos atrás do CSA, primeiro clube fora da degola.

O jogo

Jogando em seus domínios, o Fortaleza tentou ir para cima da Chapecoense em busca da vitória. Após início truncado e com poucas chances claras para cada lado, as jogadas dos cearenses começaram a encaixar melhor após os 20 minutos. O destaque foi o chute de Oswaldo da entrada da área que explodiu na trave, aos 29.

No segundo tempo, os mandantes não demoraram para abrir o placar. Aos dois minutos, Campanharo foi imprudente na marcação de Romarinho e derrubou o atacante do Leão dentro da área. Pênalti. Na cobrança, Wellington Paulista caminhou a passos curtos e colocou no canto direito para abrir o placar.

Os catarinenses tiveram chance de ouro para empatar aos 26, mas não aproveitaram. Após chute firme de Everaldo, Boek deu rebote e Locatelli chegou para completar. Antes da finalização, o zagueiro Paulão conseguiu bloquear o chute e a bola saiu mascada, possibilitando boa defesa do goleiro do Fortaleza.

Carlos Alberto toma uma guilhotina em aula de MMA com equipe do FOX Fight Club

O Tricolor do Pici aproveitou a dificuldade da Chape para marcar e definiu a vitória. Com mais espaço, Felipe conduziu a bola na entrada da área adversária aos 35 minutos e deu bom passe em profundidade para Wellington Paulista. O atacante dominou livre já dentro da área e só precisou tirar do goleiro para ampliar o marcador.

O camisa 9, que também havia marcado de pênalti contra o São Paulo em derrota da 23ª rodada, chegou a nove gols no Brasileirão e se igualou como o quarto maior goleador do campeonato.

FICHA TÉCNICA

FORTALEZA 2X0 CHAPECOENSE

Árbitro: Rodrigo Carvalhaes de Miranda (RJ)

Assistentes: Michael Correia (RJ) e Luiz Claudio Regazone (RJ)

VAR: Grazianni Maciel Rocha

Cartões Amarelos: Quintero, Juninho, Felipe e Wellignton Paulista (Fortaleza); Márcio Araújo e Everaldo (Chapecoense)

Gols: Wellignton Paulista, aos quatro minutos do 2º tempo, e aos 35 minutos do 2º tempo, para o Fortaleza

FORTALEZA: Marcelo Boek; Tinga, Quintero, Paulão e Carlinhos; Felipe, Juninho e Edinho; Romarinho (Mariano Vázquez), Wellignton Paulista (André Luis) e Oswaldo (Marlon).

Técnico: Rogério Ceni

CHAPECOENSE: João Ricardo; Márcio Araújo, Douglas, Rafael Pereira e Roberto (Renato Kayser); Elicarlos, Gustavo Campanharo (Locatelli) e Camilo; Régis (Arthur Gomes), Everaldo e Bruno Pacheco.

Técnico: Marquinhos Santos.

Leia também!

Messi abre o jogo e revela que pensou em mudar de clube

Tite rebate questionamento sobre proteção a Neymar

Pablo Marí diz que Jorge Jesus 'mudou sua vida'

(Crédito da imagem: Dudu Macedo/ Fotoarena)

Publicidade
Link copiado para a área de transferência!
Publicidade