Sou apaixonado por ele como treinador, mas não como pessoa, diz Etoo sobre Guardiola

‘Sou apaixonado por ele como treinador, mas não como pessoa’, diz Eto’o sobre Guardiola

Centroavante camaronês comentou sobre o trabalho de Pep guardiola e José Mourinho e contou quais as diferenças entre ambos

FOX Sports

Ídolo do Barcelona e com um faro de gols que poucos atletas tiveram, o centroavante Samuel Eto’o falou sobre a sua relação com os treinadores que teve ao longo de sua carreira. Em uma cerimônia no Catar, o camaronês contou sobre a relação que teve com nomes como José Mourinho, na Inter de Milão, e com Pep Guardiola, no Barcelona.

Veja as últimas do Mercado da Bola e quem pode chegar ao seu time

Gringos elegem os cinco maiores do Brasil; veja o resultado

Apesar de ser fã do espanhol como treinador, o atacante deixou claro que não é amigo de Guardiola. “Sou apaixonado por ele como treinador, mas não como pessoa. Com ele, eu aprendi a jogar futebol. Eu o interpretava melhor do que ninguém. Naquele Barcelona, Ronaldinho e eu apostávamos quem daria mais canetas ao longo da partida. Éramos muito superiores”, contou o atacante.

Carlos Alberto toma uma guilhotina em aula de MMA com equipe do FOX Fight Club

Eto’o não soube eleger um técnico favorito, mas deixou claro também o aprendizado que teve com José Mourinho e como cresceu sob o comando do técnico português. “Ele me deixou um mês no banco de reservas e me fazia aquecer nos acréscimos das partidas. Na cabeça dele, ele estava me provocando para que eu reagisse. Era o que ele queria de mim. Me recuperar no meu melhor nível. Ganhamos tudo. Tínhamos uma equipe de 11 guerreiros, ganhamos de outra maneira”.

Saiba mais!

PVC: Flamengo de Jorge Jesus bate recorde no Brasileirão ao vencer a Chapecoense

Técnico do PSG diz o fator que mudou com Neymar nos últimos jogos

Diego Costa revela sonho em declaração que deixará a torcida do Flamengo eufórica

Crédito da foto: EFE

Publicidade
Link copiado para a área de transferência!
Publicidade