Você é um palhaço Aubameyang compra briga e detona diretor do Borussia Dortmund

'Você é um palhaço': Aubameyang compra briga e detona diretor do Borussia Dortmund

Após se destacar com a camisa do Borussia Dortmund, Pierre-Emerick Aubameyang foi vendido ao Arsenal no começo de 2018 por 63,75 milhões de euros

Gazeta Press

Nesta quinta-feira, Pierre-Emerick Aubameyang, agora no Arsenal, utilizou sua conta oficial no Twitter para disparar declarações ácidas contra Hans-Joachim Watzke, CEO do Borussia Dortmund, seu ex-clube. Tudo começou na quarta-feira, quando Watzke, em entrevista ao jornal Süddeutsche Zeitung, ironizou o fato dos Gunners não estarem na disputa da Liga dos Campeões.

“Aubameyang, que está muito bem no Arsenal, provavelmente está feliz quando olha sua conta bancária, mas, na quarta-feira, tem que ver a Champions League pela televisão, e certamente lhe deixa triste”, disse.

Veja as últimas do Mercado da Bola e quem pode chegar ao seu time

Gringos elegem os cinco maiores do Brasil; veja o resultado

Agora, portanto, o atacante gabonês tratou de responder a provocação, alfinetando o CEO aurinegro e trazendo questões de bastidores de seu ex-clube.

“Melhor para você que eu nunca fale sobre o porquê deixei Dortmund, senhor Watzke. Você é um palhaço. Eu me lembro da vez que você disse que nunca iríamos vender Ousmane (Dembélé), então quando você viu mais de 100 milhões, você foi o primeiro a pegar aquele dinheiro. Não fale sobre dinheiro, por favor. Me deixe em paz, por favor”, escreveu.

Carlos Alberto toma uma guilhotina em aula de MMA com equipe do FOX Fight Club

Após se destacar com a camisa do Borussia Dortmund, Pierre-Emerick Aubameyang foi vendido ao Arsenal no começo de 2018 por 63,75 milhões de euros (cerca de R$288 milhões na cotação atual).

Leia também!

Jornal espanhol chama Vini Jr. de 'fogos de artifício'

Candidato à presidência do Boca promete F. Melo, Guerrero, Kannemann e Felipão

Messi abre o jogo e diz o que tem atrapalhado o Barça neste início de temporada

(Crédito da imagem: Reuters)

Publicidade
Link copiado para a área de transferência!
Publicidade