Pedrinho e Vital rebatem Carille sobre imaturidade para jogar a Sul-Americana

Pedrinho e Vital rebatem Carille sobre imaturidade para jogar a Sul-Americana

Treinador apontou perfil jovem do elenco como um dos fatores para a derrota dentro de casa para o Independiente del Valle

Gazeta Press

Pedrinho tem 21 anos e está em seu terceiro ano na equipe principal do Corinthians. Mesmo assim, foi um dos jogadores citados por Fábio Carille, em entrevista coletiva logo após a derrota para o Independiente del Valle, que podem ter sentido o jogo de semifinal de Copa Sul-Americana, principalmente pelo estilo de jogo de mais contato físico.

Perguntado, o jogador discordou de seu treinador e preferiu apontar os problemas coletivos para o revés que complica a situação alvinegra para a partida de volta, semana que vem, no Equador.

Veja as últimas do Mercado da Bola e quem pode chegar ao seu time

Gringos elegem os cinco maiores do Brasil; veja o resultado

“Já joguei, é a segunda ou terceira competição, estou bastante tempo no profissional. O grupo todo sentiu esse jogo, não fizemos um dos melhores jogos, creio que foi um dos piores jogos que nós fizemos, mas temos tudo para evoluir e fazer um grande jogo lá”, afirmou Pedrinho, evitando polemizar e com discurso compartilhado por Cássio.

“Perdeu, perdeu todo mundo. Ganhou, ganhou todo mundo. É fazer um grande jogo contra o Bahia e depois pensar nisso. Uma vitória nos dará confiança para quarta”, afirmou Cássio.

Quem também se manifestou sobre o discurso do treinador foi Mateus Vital, outro jovem citado nominalmente por Carille na coletiva.

Fla ou Grêmio? PVC, Benja e companhia elegem quem tem o futebol mais bonito do país

CR7, Messi ou Van Dijk? PVC, Bolívia, Benja e companhia elegem o melhor do mundo

“Não, ninguém sentiu pressão, não. Faz parte. Por que pressão? Pegamos o Fluminense e jogamos, Fluminense é uma equipe grande, confronto parecido com esse, ninguém sentiu pressão nenhuma”, rebateu o meia.

“É ter cabeça no lugar de reverter a situação. Temos condições de ir lá e reverter a situação. Temos de fazer um bom jogo no sábado, e a gente não descarta a Copa Sul-Americana, não chutamos o balde na competição, porque hoje foi um jogo atípico”, concluiu Gabriel.

(Crédito da imagem: Ricardo Moreira/Foto Arena)

Publicidade
Link copiado para a área de transferência!
Publicidade