Palmeiras Willian diz o que mudou desde a saida de Felipao e chegada de Mano

Palmeiras: Willian diz o que mudou desde a saída de Felipão e chegada de Mano

Atacante concedeu entrevista coletiva nesta quinta-feira (12), na Academia de Futebol

FOX Sports

Apresentado há exatamente uma semana no Palmeiras, Mano Menezes já comandou o Alviverde em duas partidas e ambas com vitórias – sobre Goiás e Fluminense, por jogo atrasado pela 16ª rodada -, contribuindo para o início de uma retomada na equipe, que agora se reaproximou do líder isolado do Brasileirão, Flamengo.

Veja as últimas do Mercado da Bola e quem pode chegar ao seu time

Gringos elegem os cinco maiores do Brasil; veja o resultado

Em entrevista coletiva nesta quinta-feira (12 de setembro), na Academia de Futebol, o atacante Willian, que já havia trabalhado com Mano anteriormente, foi questionado sobre as mudanças que o treinador vem implementado no dia a dia da equipe, em comparação com o trabalho desempenhado por Felipão.

Segundo o atacante, entre as diferenças estão a movimentação da equipe em campo e também a marcação, que Mano gosta que seja feita por setor.

“O treinador tem sua ideia, mas ele gosta que um time se movimente, crie dificuldades, especialmente o nosso, com jogadores de qualidade. E defensivamente também. O Mano tem uma forma de marcar diferente, por setor, mas sem jamais ficar parado”, disse.

Fla ou Grêmio? PVC, Benja e companhia elegem quem tem o futebol mais bonito do país

CR7, Messi ou Van Dijk? PVC, Bolívia, Benja e companhia elegem o melhor do mundo

“O Mano gosta de aproximação, ficar com a bola, mas sendo objetivo. Pela qualidade que a gente tem, dá para explorar bem isso, ficando com a bola e sendo objetivo”, prosseguiu.

Por último, questionado sobre o clima da equipe, Willian afirmou que o Palmeiras sempre teve liberdade com Felipão, mas que o momento vivido, com eliminações na Copa do Brasil e Conmebol Libertadores, além da queda de rendimento no Brasileiro, não permitia uma descontração maior entre o grupo.

“A gente também tinha liberdade com o Felipão. Ele tinha suas regras, e todos devem respeitar. Sempre tivemos nossa alegria. Duas ou três semanas atrás, pelos resultados, não tem como ter um treino descontraído. Mas a alegria sempre existiu. Os resultados começam a acontecer, e isso deixa o ambiente mais leve. O Mano tem seu estilo, mas o grupo está bem”, completou.

Atualmente na terceira colocação do Brasileirão, três pontos atrás do Flamengo, o Palmeiras volta a campo neste próximo sábado (14), quando recebe o Cruzeiro, ex-clube de Mano, no Allianz Parque.

Leia também!

Diretor confirma que ‘Operação Neymar’ continua viva no Barça

Maradona pede contratação de atacante que não atua há três anos

"Podia ter dado queixa na polícia": brasileiro revela zoação pelo 7 a 1

(Crédito da imagem: divulgação/ S.E. Palmeiras) 

Publicidade
Link copiado para a área de transferência!
Publicidade