"Não vai pegar lá no Sul", diz presidente do Grêmio sobre tendência europeia que chega ao Brasil

Durante o programa Debate Final, o dirigente do clube gaúcho falou sobre a formação do clube-empresa, comum em clubes europeus e que chega ao Brasil

FOX Sports

Na Europa, é comum há algum tempo os clubes se transformarem em sociedade anônimas e serem listados na bolsa de valores. Clubes como Manchester United, Borussia Dortmund e Juventus são exemplos de alguns times que aderiram ao mercado de capitais. Na América do Sul, apenas Colo-Colo, Universidad do Chile e Universidad Católica com ações listadas na bolsa de valores. O Botafogo está em um processo para se tornar uma após estudo realizado pelos irmãos Moreira Salles. No entanto, de acordo com o presidente do Grêmio, Romildo Bolzan Júnior, a ‘nova moda’ não irá pegar no Sul do Brasil.

Veja as últimas do Mercado da Bola e quem pode chegar ao seu time

Fla ou Grêmio? PVC, Benja e companhia elegem quem tem o futebol mais bonito do país

Convidado do programa Debate Final desta quinta-feira (05 de setembro), o dirigente do Tricolor Gaúcho explicou o motivo das SAD (Sociedades Anônimas Desportivas) não pegarem futuramente no Sul.

“Tem agora essa discussão de clube-empresa. Olha, sinceramente, se há uma coisa que não vai colar lá no Sul, frente ao modelo associativo que nós temos, é esse tal de clube-empresa. Eu acredito para quem quiser optar, a lei tem que ser optativa. A lei tem que dar ao clube o direito de se transformar em empresa. Mas a lei também tem que dar ao clube o direito de permanecer com as questões associativas, com a forma da sua cultura. Inclusive pode até tornar a empresa um dos processos internos do clube, como terceirizar algumas coisas. Um fundo de futebol, um fundo de investimento, que pode ser captado por investidores. Um sistema misto para mim é o ideal. Eu acho que o Grêmio jamais vai chegar a discutir isso. Geralmente quem discute essa questão de clube-empresa são os clubes que estão cheio de problemas. Que vão buscar uma tábua de salvação”, disse o presidente.

Gringos elegem os cinco maiores do Brasil; veja o resultado

Brasil Futebol Expo reúne indústria do futebol de 4 a 8 de setembro

O clube do Rio Grande do Sul está nas semifinais do torneio continental e enfrentará o Flamengo. A primeira partida acontece no dia 2 de outubro, na Arena, às 21h30. A volta será no Maracanã, no dia 23 do mesmo mês, também as 21h30.

Leia também!

Flamengo pode perder Jesus para os dois confrontos contra o Grêmio

Messi pode deixar o Barcelona de graça em 2020; entenda

Gonçalves vê Fla como 'clube a ser batido' e aponta caminho a rivais cariocas

Crédito da foto: Flickr/Grêmio  

Publicidade
Link copiado para a área de transferência!
Publicidade