Wenger revela que pretende treinar uma seleção na próxima Copa do Mundo

Wenger revela que pretende treinar uma seleção na próxima Copa do Mundo

Treinador foi demitido do Arsenal em 20 de abril de 2018, após ficar 22 anos no comando do clube londrino

FOX Sports

Um dos maiores treinadores da história do Arsenal, Arsène Wenger pretende retornar às atividades em breve. Aos 69 anos de idade, o ex-comandante dos Gunners revelou, em entrevista ao BeIn Sports, que tem vontade de treinar uma seleção na Copa do Mundo de 2022 no Catar.

Tricampeão inglês e finalista da Liga dos Campeões da temporada 2005/2006, Wenger está sem clube desde 20 de abril de 2018, quando deixou o Arsenal após 22 anos no comando da equipe.

Veja as últimas do Mercado da Bola e quem pode chegar ao seu time

"Eu posso me ver trabalhando novamente. Já tem um tempo desde o meu último time. Eu tenho que falar que sempre quis ir a uma Copa do Mundo. O treinador tem que trabalhar onde os melhores jogadores do mundo estão", afirmou Wenger.

Gringos elegem os cinco maiores do Brasil; veja o resultado

Brasil Futebol Expo reúne indústria do futebol de 4 a 8 de setembro

O treinador também comentou sobre as expectativas para a próxima Copa do Mundo, destacando uma seleção que não está entre as favoritas para conquistar o título.

"Será interessante porque há muitas seleções jogando um bom futebol, especialmente o Catar, que acabou de conquistas a Copa da Ásia. Vamos ver como eles evoluem até o Mundial", afirmou.

Leia também!

Flamengo; Jesus está perto de feito inédito no clube

Corinthians: Gustagol fica feliz com fase ruim do Palmeiras

Neymar posto foto com camisa do Palmeiras e agradece presente

Crédito da foto: EFE

Publicidade
Link copiado para a área de transferência!
Publicidade