Ex meia do Atlético MG é condenado a 14 anos de prisão por abusar sexualmente de sobrinha

Ex-meia do Atlético-MG é condenado a 14 anos de prisão por abusar sexualmente de sobrinha

Jonathan Fabbro, namorado de Larissa Riquelme, foi condenado ao cárcere por abuso sexual de menores. O fato aconteceu por seis anos

EFE

O meia-atacante argentino naturalizado paraguaio Jonathan Fabbro, que jogou por Atlético-MG, Boca Juniors e River Plate, entre outras equipes, foi condenado nesta quinta-feira a 14 anos de prisão por abusar sexualmente da sobrinha e afilhada quando ela tinha entre 5 e 11 anos.

"Foi feita justiça, mas não há alegria, há tranquilidade. Fabbro sempre mentiu", a mãe da vítima à imprensa local na saída do tribunal, em Buenos Aires.

Veja as últimas do Mercado da Bola e quem pode chegar ao seu time

Fabbro, de 37 anos, foi considerado culpado de cinco fatos de abuso sexual com acesso carnal e gravemente ultrajante contra a sobrinha, que atualmente tem 13 anos.

"É um dia de certo regozijo, mas não há nada a comemorar. Só foi feito justiça. Tenho que ler os fundamentos dos juízes e ver por que eles escolheram esse tempo da pena para vermos se considero suficiente", afirmou o advogado da família da vítima, Gastón Marano.

Gringos elegem os cinco maiores do Brasil; veja o resultado

O meia-atacante, que disputou 13 partidas pela seleção paraguaia, estava preso preventivamente na prisão de Marcos Paz, na província de Buenos Aires, desde maio de 2018, quando foi extraditado do México. Na época, defendia o Lobos BUAP.

Fabbro, que teve rápida passagem pelo Atlético-MG em 2006, também é processado no Paraguai, em outra acusação de abuso sexual de menor. O jogador é namorado da modelo Larissa Riquelme, que ficou conhecida durante a Copa do Mundo de 2010.

Leia também!

Palmeiras define futuro de Felipão no clube

Grupos da Champions League 2019/20 são definidos!

Fora dos planos do Real, Lucas Silva interessa dois europeus

Crédito da foto: Reprodução/Instagram

Publicidade
Link copiado para a área de transferência!
Publicidade