Isso não Balotelli diz o que não quer que aconteça ao retornar aos gramados italianos

Isso não! Balotelli diz o que não quer que aconteça ao retornar aos gramados italianos

Atacante foi apresentado nesta segunda-feira (18) junto ao presidente do Brescia e respondeu a perguntas dos jornalistas italianos

FOX Sports

Nesta segunda-feira (18 de agosto), o Brescia apresentou o atacante Mario Balotelli. Após muitas semanas de negociação e apreensão da torcida do Flamengo, o italiano frustrou os planos rubro-negros e anunciou sua chegada ao clube da cidade em que nasceu e deu os primeiros passos no futebol.

Veja as últimas do Mercado da Bola e quem pode chegar ao seu time

Apresentado com a camisa 45, número que o jogador de 29 anos tradicionalmente usa pelos times que passa, Balotelli falou sobre a felicidade de sua mãe ao saber que retornaria ao Brescia. Ainda, falou que espera que os casos racismo não se repitam.

“Esta é a minha casa. Quando eu disse à minha mãe que havia essa possibilidade, ela chorou. Racismo? Espero que certos fatos não se repitam”, disse o atacante.

Gringos elegem os cinco maiores do Brasil; veja o resultado

A volta de Balotelli à Itália passa pela vontade do jogador de estar perto de sua família e o sonho de jogar a Eurocopa em 2020. O atleta acredita que no Campeonato Italiano estará no radar do técnico Roberto Mancini, o qual é próximo, e, assim, amplia suas chances de jogar o torneio de seleções.

Leia também!

Fernando Diniz é demitido do comando técnico do Fluminense

Coutinho assina com o Bayern e vestirá a 10 do clube

Ex-companheiro de United faz revelação sobre Cristiano Ronaldo

Crédito da foto: Divulgação/Instagram Brescia 

Publicidade
Link copiado para a área de transferência!
Publicidade