Flamengo: Jesus compara Libertadores com Champions e reclama da agressividade do Emelec

Flamengo: Jesus compara Libertadores com Champions e reclama da agressividade do Emelec

Comandante português admitiu que os equatorianos entraram de uma forte muito forte em Rafinha e Diego. O último acabou sofrendo uma fratura

FOX Sports

Na próxima quarta-feira, o Flamengo encara o Internacional, pelo duelo de ida das quartas de final da Conmebol Libertadores. Para aquecer o duelo, o treinador Jorge Jesus deu uma entrevista exclusiva para o FOX Sports.

Veja as últimas do Mercado da Bola e quem pode chegar ao seu time

Em um papo com Paulo Vinícius Coelho, o português abriu o jogo no Visão FOX Especial Libertadores. Durante a conversa, o comandante fez uma reclamação em relação ao jogo contra o Emelec, pelas oitavas de final. O motivo foi a agressividade do adversário:

"Percebi que, pelo menos, que no jogo do Equador, o Emelec foi uma equipe muito agressiva dentro dos jogadores do Flamengo. A forma como cobraram a perna ao Diego, como entraram no Rafinha, são sinais, indicadores do jogo. Já tinham me dito que, jogar na Argentina, no Uruguai, as equipes entram muito no jogador, e não o deixam jogar", afirmou Jesus, que completou:

Gringos elegem os cinco maiores do Brasil; veja o resultado

"E na Champions não é com tanta agressividade, mas é um jogo muito mais forte na conquista da bola, na pressão, há muito mais intensidade. Na Champions e Libertadores, você não precisa estimular os seus jogadores", finalizou.

Leia também! 

Renato compara jogador do Grêmio a Arthur: “Já já na Seleção”

Técnico do PSG diz o que espera de Neymar após protestos da torcida

Clube europeu monitora zagueiros de dois clubes brasileiros

Crédito da foto: Alexandre Vidal/Flamengo

Publicidade
Link copiado para a área de transferência!
Publicidade