Carlos Alberto diz que era flamenguista na infância e revela qual clube jamais torceria

Carlos Alberto diz que era flamenguista na infância e revela qual clube jamais torceria

Em entrevista concedida ao programa Bolívia Talk Show, do canal Desimpedidos, o ex-meia falou sobre sua torcida pelo Rubro-Negro quando criança

FOX Sports

Mais de dez clubes na carreira. Ao todo, 433 jogos e 74 gols na carreira. Entre os momentos mais marcantes, o gol e o título na final da UEFA Champions League pelo Porto, em 2004. De fato, Carlos Alberto teve uma vasta carreira no futebol. No entanto, o ex-meia não jogou em seu clube do coração.

Veja as últimas do Mercado da Bola e quem pode chegar ao seu time

Gringos elegem os cinco maiores do Brasil; veja o resultado

Em entrevista ao Bolívia Talk Show, do canal do YouTube Desimpedidos, o ex-jogador revelou que na infância torcida para o Flamengo. Entretanto, seu pai torcia para o Botafogo e o ex-atleta de 34 anos brincava com o fato do pai tentar fazê-lo torcer para o Glorioso.

“Eu era muito Flamengo, mas meu pai, quando eu era moleque, queria que eu fosse botafoguense. Aí eu falei para ele: pai, o último ídolo do Botafogo foi o Garrincha. Não dá para torcer para o Botafogo. Eu brincava com ele”, revelou Carlos Alberto.

Com apenas 18 anos, Carlos Alberto foi autor de um dos gols na vitória do Porto por 3 a 1 sobre o Mônaco, na final da UEFA Champions League em 2004. Neste ano, aos 34 anos, anunciou a aposentadoria por conta dos problemas físicos. Além do clube português, atuou em grandes clubes do Brasil, como Corinthians, Fluminense, Botafogo, Vasco, São Paulo, Grêmio, Bahia e Athletico Paranaense.

Confira abaixo outras respostas do ex-jogador:

Briga com Tevez:

No rachão, discuti com Tevez. Ele cuspiu na minha cara. Argentino tem dessas coisas. Eu falei toma essas flores (fazendo gesto de soco na cara dele). Mas o profissionalismo era grande, no dia seguinte ele me deu um passe para gol. Tudo certo.

Jogador que tremeu na carreira

Tomei um preju, fiquei com o pescoço uma semana (travado). Era o Sanogo. Era grande. Mas marca uma revanche hoje, estou mais preparado (risos).

Jogar no Flamengo

Tive oportunidade, mas a verdade é que quando estava todo f... quis me contratar, agora que está maneiro (de estrutura), quatro, cinco anos atrás, ninguém quer.  Na época, para segurar o B.O., não.

Leia também!

Gabigol revela que conversa com Balotelli quase todos os dias

Barcelona contra-ataca e traça novo plano para ter Neymar

Torcedores do Chelsea ‘atacam’ restaurante de D. Luiz em Londres

Crédito da foto: Repdrodução FOX Sports 

Publicidade
Link copiado para a área de transferência!
Publicidade