Gil admite ter sido alvo de ofensas racistas após vitória do Corinthians: Mesma coisa de sempre

Gil admite ter sido alvo de ofensas racistas após vitória do Corinthians: 'Mesma coisa de sempre'

Zagueiro contou aos repórteres na zona mista do estádio no Uruguai que sofreu com o crime de racismo

Gazeta Press

O zagueiro Gil revelou que recebeu xingamentos racistas nesta quinta-feira, na vitória do Corinthians sobre o Montevideo Wanderers por 2 a 1, no Parque Central, em Montevidéu. O defensor não quis se prolongar em relação a isso na zona mista, após a partida, mas admitiu as ofensas.

Gringos elegem os cinco maiores do Brasil; veja o resultado

Se inscreva no canal do FOX Sports Brasil no YouTube

“A mesma coisa de sempre, mas está tranquilo”, disse Gil, tentando minimizar a situação.

Apesar da proximidade do clássico contra o Palmeiras, que acontece domingo, às 19h (de Brasília), em Itaquera, Gil foi um dos atletas titulares que não foram poupados pelo técnico Fábio Carille no Uruguai.

Veja as últimas do Mercado da Bola e quem pode chegar ao seu time

No último fim de semana, contra o Fortaleza, Gil já havia começado entre os 11 ao lado de Manoel, que nesta quinta-feira ficou no banco de reservas, cedendo seu lugar a Henrique, antigo titular antes do camisa 4 retornar ao Corinthians.

Com pouco tempo para se preparar para o Derby, o Corinthians não treinará nesta sexta-feira e terá apenas sábado para fazer alguns ajustes para o clássico contra o Palmeiras, que terá vantagem em relação a dias para trabalhar, uma vez que enfrentou o Godoy Cruz, pela Libertadores, na última terça.

Saiba mais!

Diego Alves vira herói e desabafa após classificação

Barça negocia Malcom e Timão receberá bolada

CR7 deu sinal verde para chegada de atacante à Juve

Publicidade
Link copiado para a área de transferência!
Publicidade