River x Cruzeiro: Pratto diz que não bateu pênalti porque Fábio o conhecia

Segundo o atacante, além do pedido de Suárez, o conhecimento do goleiro em cima das suas cobranças determinou também não cobrasse

FOX Sports

No empate em 0 a 0 com o Cruzeiro, nesta terça-feira (23 de julho), pelas oitavas de final da Conmebol Libertadores, o River Plate perdeu um pênalti no último minuto. Suárez jogou para fora. E o motivo de Lucas Pratto não ter batido foi tema após o jogo.

4 jogos das oitavas da Libertadores imperdíveis no FOX Sports; como ver online e na TV

Palmeiras, Fla e Inter na Libertadores, Real Madrid e mais: a semana no FOX Sports 

Gringos elegem os cinco maiores do Brasil; veja o resultado

Em entrevista ao jornal Olé, o atacante abriu o jogo sobre a decisão de não ter cobrado. Segundo ele, um dos motivos foi o conhecimento que Fábio, goleiro do Cruzeiro, tem em suas batidas da época do Brasil, quando defendeu Atlético-MG e São Paulo:

"Por um lado, (não bati) pelo conhecimento que o goleiro (Fábio) tem (nas cobranças). Quando eu jogava no Brasil, bati muitos pênaltis", afirmou Pratto, que completou:

Veja as últimas do Mercado da Bola e quem pode chegar ao seu time

Se inscreva no canal do FOX Sports Brasil no YouTube

"Além disso, quando teve o pênalti, o Suáez me disse que estava muito confiante. Por isso, ele bateu", finalizou.

Com o resultado, quem vencer em Belo Horizonte acaba classificado. Um empate em 0 a 0 leva a disputa para os pênaltis, enquanto qualquer empate com gols classifica o time argentino. A partida será na próxima terça-feira (30).

Leia também:

Neymar solta ‘é do Mengão’ ao dar boas-vindas a Filipe Luís

Griezmann dá ‘susto’ na torcida do Barcelona na sua estreia

Cuca confirma que São Paulo irá em busca de último reforço

Crédito da foto: Divulgação River

Publicidade
Link copiado para a área de transferência!
Publicidade