Luxa abre o jogo sobre atraso de salários no Vasco e faz promessa: 'É um acerto com o presidente'

Luxa abre o jogo sobre atraso de salários no Vasco e faz promessa: 'É um acerto com o presidente'

Durante entrevista coletiva, técnico reconhece problema, exalta jogadores e garante foco na sequência da temporada

FOX Sports

Com São Januário lotado, o Vasco levou a melhor no clássico contra o Fluminense, por 2 a 1, neste sábado (20 de junho), em partida válida pela 11ª rodada do Campeonato Brasileiro. Com o resultado, o Cruzmaltino chegou aos 12 pontos, subindo para a 14ª colocação na tabela, ganhando um respiro na luta contra a zona do rebaixamento. 

Real x Bayern, Juve de CR7, Tottenham e Arsenal no FOX Sports no fim de semana

Gringos elegem os cinco maiores do Brasil; veja o resultado

Logo após o duelo, Vanderlei Luxemburgo concedeu entrevista coletiva. Entre os diversos temas abordados, o treinador tratou de esclarecer a situação envolvendo atraso de salários no clube. Luxa revelou conversa com o presidente Alexandre Campello e fez uma promessa a jogadores e comissão técnica. 

"Dei uma entrevista falando sobre salários, que eu não recebi. Estão achando que estou reclamando. Acontece o seguinte: os jogadores estão sem receber salário há dois, três meses. O que eu falei é que não achava justo eu estar dois para três meses no Vasco e receber o que eles receberam agora dia 13. Eles mereciam esse salário. Eu tenho que deixar chegar e ficar igual a eles, para receber o primeiro salário. Não foi reclamação. Quero entrar no esquema deles, não vamos brigar por salário", começou o técnico. 

"A obrigação do Vasco é reconhecer que tem que pagar os salários dos jogadores, comissão técnica, dos funcionários. E o presidente reconhece isso, mas está difícil, porque tem penhora, essas coisas, e o clube vai ter alguns problemas no meio do caminho", completou Luxa, antes de detalhar o trato que fez com o mandatário do Vasco.

Se inscreva no canal do FOX Sports Brasil no YouTube

Veja as últimas do Mercado da Bola e quem pode chegar ao seu time

"Nós conversamos com o presidente, ele pagou uma parte, eu não entrei nesta parte, antes do dia 13. Ele vai pagar de novo, não sei quando, porque tem que liberar o dinheiro. Sabemos que vamos passar umas dificuldades de atraso, mas não quero reclamação, tumultua. Eles já sabem como vai ser até o fim do ano. É uma promessa séria comigo, acabou o ano, todos os jogadores e comissão técnica vão sair de férias recebendo. Isso é um acerto com o presidente", finalizou. 

Leia também:

Juventus traça plano para ter dupla Neymar-CR7

Fla, Timão e São Paulo de olho em zagueiro do Santos

Pogba no Real Madrid? Bale e James fora? 

Crédito da foto: Vasco/Rafael Ribeiro

Publicidade
Link copiado para a área de transferência!
Publicidade