Barcelona espera Neymar cair como fruta madura e tem dois para envolver em troca, diz jornal

Barça espera Neymar 'cair como fruta madura' e tem 2 para envolver em troca, diz jornal

De acordo com o jornal catalão Sport, o clube espanhol acompanha o desgaste do brasileiro com o clube francês, para que uma situação insustentável viabilize o negócio

FOX Sports

O Barcelona já tem uma estratégia traçada para contar com Neymar nesta temporada, e para isso, não quer colocar dinheiro, mas sim envolver troca de jogadores. De acordo com o jornal catalão Sport, o clube espanhol apenas acompanha o desgaste do brasileiro com o clube francês, para que uma situação insustentável viabilize o negócio.

De acordo com a publicação, o Barcelona não quer desembolsar 300 milhões de euros para repatriar o craque, mas confia que o desejo insistente de Neymar em deixar Paris faça com que seu time em algum momento aceite a saída e tenha que topar o negócio. Por isso, segundo o Sport, o Barça apenas espera “Neymar cair como fruta madura”, sem procurar nenhuma das partes. Assim, quando isso ocorrer, oferecerá Philippe Coutinho e Ousmane Dembélé em troca.

O atacante francês e o meia brasileiro foram adquiridos com o dinheiro da venda de Neymar para o PSG, e a ideia do time catalão é ter o seu antigo atacante sem ter que pagar, apenas trocando o que gastou.

Nesta terça-feira, durante a apresentação do goleiro Neto no Barcelona, Josep Maria Bartomeu, presidente do clube, falou sobre as declarações de Leonardo, cartola do Paris Saint-Germain, a respeito da possível saída de Neymar e a sondagem do clube catalão sobre o brasileiro. Porém, apesar da expectativa, o mandatário foi simplista e disse que nada mudou na negociação.

“Sabemos que o Neymar quer ir embora do PSG e também que o PSG não quer que ele vá embora. Portanto, não tem caso. O que eu disse não mudou e tudo segue igual”, disse o presidente do Barcelona. Segundo o clube francês, Neymar deveria ter se reapresentado na última segunda-feira.

Porém, em contato com o FOXSports.com.br, o pai de Neymar afirmou que o clube estava ciente de que o craque brasileiro ainda tinha compromissos a serem realizados com o Instituto Neymar Junior. Por outro lado, o PSG afirmou que tomará as devidas providências e deve punir o brasileiro.

PSG estuda punição ao brasileiro

Envolvido em uma nova polêmica, Neymar entrou em rota de colisão com a diretoria do Paris Saint-Germain após não se reapresentar com o restante do elenco para dar início à pré-temporada. Na alegação de Neymar da Silva, seu pai, o clube francês já havia sido informado de que o brasileiro se juntaria ao grupo em Paris apenas em 15 de julho por conta de compromissos comerciais no Brasil. O PSG, por outro lado, não confirma o acordo, e garante que 'tomará as medidas apropriadas'.

De acordo com informações publicadas nesta terça-feira (09) pelo jornal Le Parisien, o atacante corre o risco de, em um cenário mais pessimista, ser até mesmo demitido pelo Paris Saint-Germain. Na visão do diário francês, no entanto, esta possibilidade é, neste momento, ainda distante. A maior chance segue sendo de uma punição com caráter financeiro no salário de Neymar, abatendo os dias de ausência em Paris.

Além disso, o brasileiro pode ser punido por seu comportamento, assim como ocorreu com o italiano Marco Verratti, sancionado após dirigir alcoolizado, além dos franceses Kylian Mbappé e Adrien Rabiot, multados por sucessivos atrasos em treinamentos. A punição como 'correção ética' dos jogadores tem sido uma constante no Paris Saint-Germain desde a chegada do técnico alemão Thomas Tuchel.

Veja as últimas do Mercado da Bola e quem pode chegar ao seu time

Pai de Neymar se manifesta

Procurado pela reportagem do FOXSports.com.br, Neymar da Silva, pai do jogador, afirmou que o clube parisiense estava ciente de que seu filho não se reapresentaria na última segunda-feira, uma vez que já tinha programações anuais do seu instituto agendadas há um ano.

“O motivo é sabido e agendado há um ano com as programações anuais do instituto e não podíamos mudar. A apresentação será no dia 15. Simples assim, sem polêmica. O PSG está informado e participa das ações do instituto”, afirmou.

O clube parisiense, entretanto, foi na contramão desta informação. Em comunicado oficial publicado em seu site, o PSG afirmou não ter sido avisado sobre a ausência de Neymar na reapresentação e que tomará as devidas providências quanto ao caso.

“O Paris Saint-Germain descobriu que o jogador Neymar Jr não apareceu na hora e no local combinados, sem ter sido previamente autorizado pelo clube. Paris Saint-Germain deplora esta situação e tomará as medidas apropriadas resultantes dela”, informou o clube parisiense.

O comunicado oficial do Paris Saint-Germain pegou o próprio estafe do jogador de surpresa. Ao ser informado pelo FOXSports.com.br de que o clube parisiense emitiu nota em que promete tomar providências (possíveis punições), o pai do jogador lamentou o fato e declarou que a equipe francesa sabia do compromisso alegado. De acordo com Neymar da Silva, o próprio presidente do clube, Nasser Al-Khelaïfi, já participou do evento do Instituto que leva o nome do jogador, e a direção tinha noção da situação.

Se inscreva no canal do FOX Sports Brasil no YouTube

Gringos elegem os cinco maiores do Brasil; veja o resultado

“Tínhamos agendas comerciais e institucionais, há cinco anos o instituto faz essas ações e sempre precisamos dessas ações todos os anos. O PSG, na presença do presidente Nasser, inclusive participou dessas ações. Não entendo o porquê da arbitrariedade. Ficamos chateados, mas o PSG estava ciente dessa situação”, disse o pai o craque ao FOXSports.com.br.

Leonardo admite chance de saída de Neymar

Em entrevista dada ao jornal francês Le Parisien, o brasileiro Leonardo, novo diretor de futebol do Paris Saint-Germain, confirmou, pela primeira vez, que de fato houve uma sondagem do Barcelona pelo jogador, mas assegurou que ainda não chegaram propostas oficiais.

“Neymar pode deixar o Paris Saint-Germain se houver uma oferta que sirva a todos. Mas, até hoje, não sabemos se alguém quer comprá-lo ou a que preço. Tudo isso não é feito em um dia, com certeza”, disse o diretor, que foi enfático ao dizer: o PSG não cogita manter Neymar no elenco 'a todo custo'.

“O PSG quer contar com jogadores que querem ficar e construir algo grande. Nós não precisamos de jogadores que fariam um favor ao clube ficando aqui”, encerrou o dirigente brasileiro.

(Crédito da imagem: Luca Castro/Foto Arena)

Publicidade
Link copiado para a área de transferência!
Publicidade