Diretor na CBF, Juninho Paulista é o favorito para substituir Edu Gaspar na entidade

Segundo apuração do FOX Sports, coordenador de seleções da Confederação Brasileira de Futebol deve aceitar uma proposta para integrar a diretoria de futebol do Arsenal

FOX Sports

A vitória por 3 a 1 diante do Peru, que garantiu o título da Copa América, deve ser o último ano de Edu Gaspar como coordenador de seleções da Confederação Brasileira de Futebol. Segundo apuração de Osvaldo Pascoal, comentarista dos canais FOX Sports, o dirigente deve aceitar uma proposta para integrar a diretoria de futebol do Arsenal, clube onde é ídolo. E o nome preferido ao cargo é Juninho Paulista, pentacampeão com a Seleção Brasileira em 2002. Aos 46 anos, o ex-meia ocupa o cargo de diretor de Desenvolvimento do Futebol da CBF.

Em entrevista exclusiva dada no mês de maio a Benjamin Back, Juninho se esquivou ao ser questionado se era um dos nomes para substituir Edu Gaspar na função de coordenador de seleções da CBF. Entrevistado no programa Aqui Com Benja, no FOX Sports, o diretor da entidade, no entanto, não descartou a possibilidade. (Veja no vídeo acima)

Veja as últimas do Mercado da Bola e quem pode chegar ao seu time

“Eu estou muito feliz nessa função. Eu vim para a CBF para desenvolver essa função. Não existia essa diretoria. Foi criada agora, e eu sou primeiro diretor. E eu creio que posso ajudar muito nessa função. É isso que eu tenho para agora. Caso surja essa situação [ser coordenador da CBF], é coisa de se conversar. Estou focado naquilo que vim desenvolver”, disse Juninho.

Se inscreva no canal do FOX Sports Brasil no YouTube

Gringos elegem os cinco maiores do Brasil; veja o resultado

Questionado durante entrevista após a conquista da Copa América sobre os poucos jogos contra seleções europeias em amistosos, Cleber Xavier, auxiliar técnico de Tite na Seleção Brasileira, acabou admitindo que Edu Gaspar está de saída da CBF.

“Agora vem um novo executivo para o lugar do Edu, e a gente sempre esteve junto. Se a gente não conseguiu é porque não foi possível. Vamos continuar buscando”, disse.

(Crédito da imagem: Lucas Figueiredo/CBF)

Publicidade
Link copiado para a área de transferência!
Publicidade