Goleiro Magrão entra na Justiça contra o Sport depois de não se reapresentar

Goleiro Magrão entra na Justiça contra o Sport depois de não se reapresentar

Após rumores sobre uma possível doença ou a aposentadoria definitiva, atleta entrou com processo judicial por salários atrasados

FOX Sports

Um dos grandes ídolos do Sport, o goleiro Magrão pode estar de saída do clube. O atleta entrou na Justiça contra o time pernambucano por conta de salários atrasados e FGTS, tendo um débito a receber estimado em R$ 1 milhão.

O jogador deveria ter se reapresentado ao clube depois de nove dias de folga na última sexta-feira (21 de junho), mas não apareceu e não deu nenhuma informação à diretoria. Após cinco dias, o goleiro entrou com processo na última segunda-feira (24) na 10° Vara do Trabalho do Recife. A ação judicial corre em segredo de justiça.

Veja as últimas do Mercado da Bola e quem pode chegar ao seu time

Rumores apontavam para a possibilidade de o atleta estar com um câncer ou se aposentando definitivamente. O primeiro foi desmentido pelo diretor de futebol do Sport, Wanderson Lacerda, em entrevista ao vivo para a Rádio Jornal.

Em entrevista coletiva convocada nesta terça (25), o presidente Milton Bivar negou ter recebido qualquer intimação e admitiu surpresa caso se confirme a saída do goleiro. "Não recebemos nada. Estão falando muita coisa de Magrão. Vamos aguardar. Não acredito, mas se for verdade é algo que surpreende bastante".

Ídolo do clube, Magrão tem 42 anos e possui contrato até o final do ano. No início do ano, após algumas falhas, perdeu a titularidade na meta rubro-negra. Atuou em apenas sete jogos em 2019, sendo um pela Copa do Brasil e seis pelo Campeonato Pernambucano.

Se inscreva no canal do FOX Sports Brasil no YouTube

Gringos elegem os cinco maiores do Brasil; veja o resultado

(Crédito da imagem: Marco Galvão/Fotoarena)

Publicidade
Link copiado para a área de transferência!
Publicidade