Neymar ganhou CD´s gospel e conselho de ex-companheiro: “Ouça seus verdadeiros amigos e sua mãe”

Em entrevista exclusiva ao FOXSports.com.br, Roberto Brum ainda lembrou do início de carreira do atacante no Santos

Artur Rocha

Integrante do elenco do Santos que levou a dobradinha Paulistão mais Copa do Brasil em 2010, o meio-campista Roberto Brum nunca se destacou apenas no lado futebolístico ao longo da carreira. Aposentado desde 2012, o jogador também sempre mostrou ser um personagem à parte, incluindo o fato de já ter narrado os seus próprios gols, contado causos dos bastidores do mundo da bola e ainda inovado nas coletivas, tudo de uma forma bastante bem-humorada.

Além da história em que diz ter sonhado com Ronaldo Fenômeno, tendo presenteado o atacante logo em seguida com um CD de música gospel, Brum também leva recordações do seu convívio com Neymar.  

Veja as últimas do Mercado da Bola e quem pode chegar ao seu time

Em 2018, antes de a Seleção Brasileira embarcar para Londres, rumo à preparação já em solo europeu para a disputa da última Copa do Mundo, na Rússia, o meio-campista foi até a sede da CBF, onde todos os convocados se concentraram, com um único objetivo: entregar alguns CD's para Neymar.

“Fui levar uma lembrança para ser entregue a ele (Neymar), a pedido de um amigo meu, e a lembrança chegou a ele através de um jornalista. Eu sabia que era impossível falar com um atleta naquele momento em que eles estavam prestes a embarcar. Foi só levar uma lembrar mesmo para o Neymar”, afirmou Brum em entrevista exclusiva ao FOXSports.com.br, que ainda explicou do que se tratava o presente.

“Uns CD’s de uma ministra de louvor da minha igreja, para que o Neymar pudesse ouvir e alimentasse o espírito dele”, prosseguiu.

A relação de Brum com o camisa 10 do Paris Saint-Germain e Seleção Brasileira é boa desde os tempos de Santos, onde viu Neymar despontar no futebol. Em outra lembrança que carrega do craque, o meio-campista recorda do seu primeiro treino como profissional, ao lado de Paulo Henrique Ganso.

“Foi uma experiência maravilhosa para mim poder ter jogado com o Neymar...tem uma história interessante, que no primeiro treino do Neymar no profissional, ele treinou com o Ganso, e o Fabiano Eller marcou o Neymar. Quando acabou o treino, eu falei: “Fabiano, aquele magrinho (Ganso) joga muito, não dá para roubar a bola dele não, quase me deu uma caneta”, e o Fabiano falou: “você não viu o menor (Neymar), o mais novo, o garoto é um fenômeno”. Então já no primeiro treino a gente via que o talento deles sobressaía, e nós sabíamos que eles fariam esse grande sucesso. O Neymar até me ajudou a me aposentar mais cedo, com 32, 33 anos, de tanto jogo, título, que ganhamos, eu falei, agora vou descansar, cuidar da minha família. O Neymar marcou a minha vida”, declarou.

Se inscreva no canal do FOX Sports Brasil no YouTube

Gringos elegem os cinco maiores do Brasil; veja o resultado

Ultimamente, as notícias veiculadas a respeito de Neymar têm sido mais a respeito da vida do craque fora das quatro linhas do que dentro delas. Entre elas, a acusação de estupro feita pela modelo Najila Trindade. Através das redes sociais e outros meios, o jogador vem recebendo todo o tipo de apoio de fãs, torcedores, atletas, familiares, entre outras pessoas. 

Para Brum, este é o momento certo para Neymar estar ao lado de companhias verdadeiras, e por que não, buscar refúgio em Deus e na Igreja, algo que o meio-campista afirma que o atacante sempre teve o costume de fazer.

“O Neymar é um filho de Deus e não existe ex-filho. Ninguém fala: ‘aquele jovem é o meu ex-filho’, o filho pode estar pródigo, pode sair de casa, mas quando ele voltar, o pai vai estar de braços abertos esperando ele de volta. A mensagem que deixo para o Neymar é: volta para casa, o Pai está te esperando de braços abertos, ele te ama, você é muito especial. Ouve o conselho da sua mãe e dos seus amigos, dos seus verdadeiros amigos, que querem o seu bem. Quando digo ‘volta para casa’, estou fazendo um paralelo dele voltar para presença do Senhor, ter comunhão mais intensa com Deus, porque foi assim que eu vi o Neymar nascendo ali no Santos. Fazíamos reuniões, ele lia a Bíblia, me levava para pregar na Igreja dele. Eu tenho certeza que os planos de Deus na vida do Neymar não vão se frustrar porque ele é um menino que tem um coração, segundo o coração de Deus”, completou.

Crédito da foto: Ricardo Saibun/ Santos Futebol Clube

Publicidade
Link copiado para a área de transferência!
Publicidade