Rafinha chama Flamengo de maior do Brasil e revela nome fundamental para acerto com time carioca

Rafinha chama Flamengo de maior do Brasil e revela nome fundamental para acerto com time carioca

Segundo o lateral, o vice de futebol Marcos Braz teve um papel determinante na negociação. O lateral será apresentado nesta terça-feira

FOX Sports

Primeiro reforço do Flamengo para o segundo semestre, Rafinha chega ao clube carioca para acabar com as críticas da lateral. Depois de anos na Europa, o jogador revelou o motivo que o fez acertar com o Rubro-Negro.

Copa Internacional de Futebol Legends e mais: a semana do FOX Sports

Segundo o atleta, clubes do Velho Continente o procuraram, mas deixou claro que era a hora de retornar ao Brasil. Para Rafinha, que fez questão de exaltar o papel de Marcos Braz na negociação, o Flamengo era o clube que mais se encaixava com seus projetos:

"Tem alguns meses que estou nessa decisão de voltar para o Brasil. Tinha a oportunidade de ficar na Europa, eu estava analisando. Mas, quando veio o Flamengo, foi uma troca de carinho com a nação rubro-negra. Também com os dirigentes, que me respeitaram e fizeram o maior esforço para que eu pudesse vir para o Flamengo, que é um dos maiores clubes do mundo. É conhecido não só no Brasil, mas mundialmente. Saindo de um gigante europeu, o maior time da Alemanha, e vindo para um dos maiores do mundo e maior do Brasil, foi a melhor escolha. Claro que respeitando os outros, pois o Brasil tem vários clubes grandes. Mas o Flamengo é o clube que melhor se encaixava comigo, já que estou acostumado a ganhar títulos, a sempre disputar, jogar em clube grande. Então, o Flamengo foi a melhor escolha", afirmou o lateral, ao Esporte Espetacular.

Veja as últimas do Mercado da Bola e quem pode chegar ao seu time

Se inscreva no canal do FOX Sports Brasil no YouTube

Durante esse período, Rafinha teve seu nome ligado à Inter de Milão. No entanto, o atleta preferiu o time carioca. E um fator predominante para ele foi a presença de Marcos Braz. O vice de futebol fez um 'mochilão' na Europa, com parada na Alemanha para conversar com o lateral: 

"O Flamengo fez um grande esforço para eu voltar. O projeto que me apresentaram, as condições do clube hoje... Tudo foi importante. Mas a pessoa chave mesmo foi o Marcos Braz. Esse cara foi muito correto comigo. Fizemos uma reunião eu, ele e o Lincoln (ex-jogador que o representa) no Ano Novo, ficamos a tarde inteira em um hotel em São Paulo. Ele apresentando tudo, abriu mão também de passar o final de ano com a família dele. Teve muito respeito comigo", afirmou Rafinha, que completou:

"A palavra é muito importante, e ele foi muito correto comigo. Foi à Alemanha mais de uma vez, respeitou o meu momento, pedi a ele, pois estava em contrato com o Bayern de Munique. Para não me atrapalhar, para mantermos o acordo na palavra mesmo. E ele foi firme até o fim. Foi me buscar lá, me convenceu, pois conversamos muitas e muitas horas por telefone. Estava sempre disposto a escutar e tirar minhas dúvidas, procurando ser o mais sincero e realista possível. Então, acho que ele foi a pessoa responsável. Foi uma pessoa que me surpreendeu muito", finalizou.

Gringos elegem os cinco maiores do Brasil; veja o resultado

(Crédito da imagem: Divulgação Flamengo

Publicidade
Link copiado para a área de transferência!
Publicidade