Guerrero testa prestígio, brilha e é ovacionado na volta ao Maracanã

Depois da saída 'tumultuada' do Flamengo, atacante é recebido com carinho por torcida peruana e corresponde com gol e assistência

Fábio Xavier

Depois de três anos vestindo a camisa do Flamengo (2015-2018), Paolo Guerrero deixou o clube e se transferiu para o Internacional, em agosto do ano passado. Punido pela Fifa, por doping, o atacante ficou longo período fora de atividade e somente nesta terça-feira (18 de junho) retornou ao Maracanã para uma partida oficial. 

Copa Internacional de Futebol Legends e mais: a semana do FOX Sports

Timaço de craques com R10, Recoba e cia. invade a tela do FOX Sports em torneio de lendas

O camisa 9, ídolo e capitão comandou a vitória da seleção peruana contra a Bolívia, por 3 a 1, pela segunda rodada da Copa América. Foi dele o gol de empate, no fim do primeiro tempo, e a assistência para Farfán virar o placar, já na segunda etapa - Marcelo Moreno fez para os bolivianos, de pênalti.

Uma das grandes expectativas para o duelo era saber como o artilheiro seria recebido na volta ao estádio por onde muito atuou pelo Flamengo. O jogador deixou o clube após falta de acordo por renovação e logo assinou com o Inter. Acreditava-se que a parte rubro-negra presente poderia vaiar em peso o atacante. 

Mas como em boa parte de sua passagem pelo Flamengo, Guerrero foi ovacionado. A torcida peruana, em grande maioria no Maracanã, não deu brecha e exaltou o centroavante desde o aquecimento até o anúncio da escalação no telão. Seu nome foi facilmente um dos mais aplaudidos.

Gringos elegem os cinco maiores do Brasil; veja o resultado

Não foi diferente quando a bola rolou: festa e incentivo ao atacante era o que mais se via nas arquibancadas. Feito este recompensado em campo. Na reta final do primeiro tempo, foi de Paolo o gol que deixou tudo igual no marcador, para delírio dos peruanos. 

No segundo tempo, logo aos 9 minutos, Guerrero recebeu bola na esquerda, cortou para a direita e cruzou na medida para Farfán, de cabeça, colocar o Peru na frente: 2 a 1. O artilheiro foi substituído aos 47', muito aplaudido pelos torcedores. Ainda deu tempo para Flores ampliar, aos 50 minutos.

Veja as últimas do Mercado da Bola e quem pode chegar ao seu time

 

Apoio de flamenguistas

Antes mesmo da bola rolar, alguns torcedores do Flamengo se juntaram aos peruanos e, em clima descontraído, cantaram músicas para o ex-rubro-negro Guerrero. Entenda aqui e veja no vídeo acima. 

Bem na foto

Com a vitória sobre a Bolívia e o empate com a Venezuela, o Peru chega aos quatro pontos, assumindo a liderança provisória do Grupo A da Copa América. A Seleção Brasileira encara os venezuelanos, às 21h30 (de Brasília), em Salvador, e pode retomar a primeira colocação. Os bolivianos, por sua vez, amargam a lanterna da chave, zerados na tabela.  

Se inscreva no canal do FOX Sports Brasil no YouTube

Crédito da foto: Pedro Martins/MowaPress

 

Publicidade
Link copiado para a área de transferência!
Publicidade