Manchester United pode pagar valor recorde para contar com zagueiro do Napoli, segundo jornal

Manchester United pode pagar valor recorde para contar com zagueiro do Napoli, segundo jornal

Derrota iminente na corrida por De Ligt faz técnico Solksjaer ir atrás de outro atleta para reforçar sua defesa

FOX Sports

O Manchester United está disposto a ir ao mercado para renovar seu elenco para a próxima temporada. E, segundo o jornal Corriere dello Sport, os Red Devils irão atrás do defensor do Napoli Kalidou Koulibaly e podem quebrar o valor recorde de zagueiro mais caro da história para contar com o senegalês. Seu nome é especulado no clube desde os tempos em que José Mourinho era o treinador.

Nascar, MLB e mais: a semana do FOX Sports

'Não Pipoca': Sormani deixa Romário e Ronaldo de fora de top 5 'de respeito'

Caso se confirme a chegada do zagueiro por 84 milhões de libras (cerca de R$ 415 milhões), esta negociação se tornará a mais cara da história para a posição, superando em quase 10 milhões de libras o preço pago pelo Liverpool quando contratou Virgil Van Dijk do Southampton em janeiro de 2018.

Em entrevistas passadas, porém, o presidente do Napoli Aurelio De Laurentiis chegou a falar que, para o defensor deixar o clube seria necessário que a equipe interessada pague, pelo menos, 89 milhões de libras (cerca de R$ 440 milhões). Seu contrato com a equipe napolitana vai até o final de junho de 2023.

Veja as últimas do Mercado da Bola e quem pode chegar ao seu time

 

Nesta temporada, Koulibaly atuou em 48 partidas, tendo marcado dois gols e dando uma assistência. Ele chegou ao Napoli em julho de 2014, quando foi contratado do Genk, da Bélgica. Seu nome chegou a ser cogitado em diversos clubes nesta janela, incluindo Real Madrid e Paris Saint-Germain.

Se inscreva no canal do FOX Sports Brasil no YouTube

Leia também:

Jesus revela ter recusado outras propostas para ir para o Fla

Vinicius Jr tem números superiores ao de Willian. Veja

Sonho do Fla, Falcao Garcia recebe proposta de R$ 87 milhões

Crédito da foto: Reuters

Publicidade
Link copiado para a área de transferência!
Publicidade