Paquetá conta sobre conversa particular com Tite após caso de indisciplina no Milan

Paquetá conta sobre conversa particular com Tite após caso de indisciplina no Milan

Meio-campista foi expulso na Itália após tapa na mão de árbitro e recebeu uma chamada do treinador da Seleção

Gazeta Press

Lucas Paquetá está com a Seleção Brasileira na preparação para a Copa América, que acontecerá entre os dias 14 de junho e 7 de julho, no Brasil. No entanto, se o técnico Tite seguisse uma linha de raciocínio como a do ano passado como no caso de Douglas Costa, ele poderia não estar ali para a disputa do torneio.

'Não Pipoca': Sormani deixa Romário e Ronaldo de fora de top 5 'de respeito'

“Quando você comete um erro, está sujeito a consequências. Eu sabia que isso poderia ter comprometido minha convocação, mas fiz bastante coisa boa também. O erro tem que servir de lição. Quando você tem pessoas boas que querem te ajudar, acaba se resolvendo bem e crescendo como pessoa”, disse o meio-campista em coletiva neste domingo, na Granja Comary.

Veja as últimas do Mercado da Bola e quem pode chegar ao seu time

Paquetá foi expulso no início de maio após agredir o árbitro Marco Di Bello na vitória do Milan sobre o Bologna, pelo Campeonato Italiano. Ainda assim, o jogador foi convocado por Tite, sorte que Douglas Costa, da Juventus, não teve. Então figurinha carimbada do técnico nas convocações, o atacante cuspiu no rosto de um adversário e foi expulso de uma partida do Campeonato Italiano.

Tite e Paquetá conversaram sobre o caso. “A gente conversou (Tite e o jogador), mas é um assunto pessoal. Eu errei e isso não vai mudar, mas eu refleti sobre o meu erro e vou levar de aprendizado. É uma coisa que eu vou levar como experiência para não fazer novamente. A gente conversou e está tudo certo”, revelou.

Se inscreva no canal do FOX Sports Brasil no YouTube

Crédito da foto: Lucas Figueiredo/CBF

Publicidade
Link copiado para a área de transferência!
Publicidade