Dani Alves abre o jogo sobre Seleção, avalia o futebol brasileiro e diz: 'Não consigo ver'

Lateral concede entrevista exclusiva a Paulo Vinicius Coelho, comentarista FOX Sports. Confira abaixo

FOX Sports

Ele é conhecido por sua personalidade forte. Multicampeão por onde passa, Daniel Alves não costuma omitir opinião, e assim foi durante entrevista exclusiva a Paulo Vinicius Coelho, o PVC, comentarista FOX Sports. 

'Não Pipoca’: Sormani deixa Romário e Ronaldo de fora de Top 5 ‘de respeito’; veja!

Durante o bate-papo, o lateral abriu o jogo, falou sobre Seleção Brasileira, sobre o que é preciso mudar para que a Amarelinha volte a conquistar uma Copa do Mundo, a relação com os torcedores, avaliou o futebol brasileiro e fez revelações. 

Veja as últimas do Mercado da Bola e quem pode chegar ao seu time

Se inscreva no canal do FOX Sports Brasil no YouTube

Confira abaixo algumas das principais declarações do jogador do Paris Saint-Germain e da Seleção:

Seleção Brasileira

"O Brasil precisa que os brasileiros entendam que a Seleção não é coisa dos jogadores. Hoje, parece que a Seleção são os jogadores que estão lá, e eu vou torcedor para que dê errado, para poder criticar e gerar conteúdo. Não, a Seleção é igual ao Brasil, coisa dos brasileiros". 

"Nós, quando vestimos a camisa da Seleção, é um privilégio, nós estamos representando eles, queremos ganhar tanto quanto eles. Caso contrário, não tem sentido. Eu volto porque acredito que posso conseguir as coisas, que tem uma chance de lutar pelo nosso povo. Somos uma extensão deles".

"Quando eu era criança, a Seleção era uma parte de mim. Durante o trabalho do Tite, a Seleção perdeu um jogo, quando não devia, ok, mas um jogo. Mas, o brasileiro, infelizmente, ele é: 'a culpa foi desse'. Não existe culpa quando você tem intenção de acertar. Existe falha. A Seleção é nossa".

"Teve uma fase que a Seleção ganhou tudo, perdeu o Mundial, aí derruba tudo?! É resultado. Você quer o Mundial? A gente também quer, mas não é fácil. Se fosse, a final não seria França x Croácia. Seria um Brasil e Alemanha, Argentina x Portugal, porque tem Messi e Cristiano. É muito difícil".

Futebol brasileiro

"Se ficarmos lá atrás (no tempo), achando que conseguimos tantas estrelas... Não, no futebol tem que se reinventar. Você não vê no Brasil as categorias de base tentando servir primeiro a equipe. É fazer jogador para vender. Mas investe na base? Não, é sempre para vender".

"Somos, infelizmente, o reflexo do nosso futebol. Eu não consigo assistir a um jogo inteiro no Brasil, e sou apaixonado. São tantos anos vivendo coisas incríveis no futebol que eu falo: 'Não vou perder meu tempo vendo um futebol tão mecanizado, sem ordem tática, linhas diferentes, movimentos totalmente contrários ao que estamos acostumados'".

"Hoje, no Brasil, só vejo destaques individuais, não vejo uma equipe que se fala assim: 'Caraca'".

Felipão

"Felipão é um grande treinador porque vocês exigem resultado. Ele dá resultado, por isso ganhou. Ele organiza para dar resultado. É inteligente, entende a demanda, o que é que tem que dar? Resultado? Vou montar meu time para isso. Ele foca no resultado, óbvio".

Saiba mais:

Dirigente do Fla se anima com reforços

PSG: Marquinhos está perto de ser vendido

São Paulo define seus alvos no mercado

Crédito da foto: Reprodução FOX Sports

Publicidade
Link copiado para a área de transferência!
Publicidade