Chelsea negociará Hazard para o Real por R$ 457 milhões, e jornal revela o motivo da venda

O anúncio do acordo será feito após a final da Uefa Europa League na próxima semana

FOX Sports

O Chelsea venderá o meia Eden Hazard por 100 milhões de euros (cerca de R$ 457 milhões) para o Real Madrid após a final da Uefa Europa League – o FOX Sports transmite o duelo ao vivo e com exclusividade no dia 29 de maio a partir de 16h. A informação foi divulgada nesta terça-feira (21 de maio) pelo jornal britânico Daily Mail.

Finais da Copa do Nordeste, do NBB e mais: a semana nos canais FOX Sports

Antigo sonho de Zinedine Zidane no time merengue, Hazard tem contrato apenas até o meio de 2020. No entanto, não foi por conta disso que os Blues resolveram vendê-lo agora. O time londrino aceitou negociar o belga por ter medo de receber sanções da Uefa por conta do Fair Play Financeiro da entidade.

'Não Pipoca’: Sormani deixa Romário e Ronaldo de fora de Top 5 ‘de respeito’; veja!

O Chelsea já tem tido muitos problemas com a Uefa e com a Fifa por conta da contratação de jogadores menores de idade, por isso quer agora tentar se afastar de qualquer situação negativa. A equipe, inclusive, está impedida de fechar com novos reforços na próxima janela de transferências.

Veja as últimas do Mercado da Bola e quem pode chegar ao seu time

Clique e assine o APP do FOX Sports

Caso não consiga reverter essa decisão, ou pelo menos adiar a punição até janeiro, os Blues já têm definidos quem serão os substitutos de Hazard. O jovem Callum Hudson-Odoi, de 18 anos, receberá a camisa 10 que é atualmente do belga e deve ter mais minutos em campo. Além dele, chegará o americano Christian Pulisic, do Borussia Dortmund, que foi contratado em janeiro.

Gringos elegem top 5 de clubes brasileiros mais importantes; veja ranking final

Se inscreva no canal do FOX Sports Brasil no YouTube

Saiba mais:

Bruno Henrique fala sobre rumor de oferta da China

Gil tem 'plano B' para acertar logo com o Corinthians

Destaque do São Paulo pode se despedir do clube

Crédito da imagem: Reuters

Publicidade
Link copiado para a área de transferência!
Publicidade