Ribery revela proposta de gigantes em 2009, mas comemora permanência em Munique Foi uma loucura

Ribery revela proposta de gigantes em 2009, mas comemora permanência em Munique "Foi uma loucura"

Francês se despede do Bayern, lembra melhor momento da carreira e comemora "decisão mais acertada da vida"

EFE

O meia-atacante Franck Ribery afirmou, em entrevista publicada nesta quarta-feira (15 de maio), que não se arrepende de ter escolhido, em 2009, seguir defendendo o Bayern de Munique, apesar do assédio de outros grandes clubes do futebol europeu.

Decisão na Bundesliga, final do NBB, Boxe e mais: tudo no FOX Sports

Veja as últimas do Mercado da Bola e quem pode chegar ao seu time

"Foi uma das melhores decisões da minha vida. O que aconteceu depois foi melhor do que tudo o que eu poderia esperar. Tenho que agradecer mais uma vez a Uli Hoeness (presidente do Bayern) e ao meu agente Alain Migliaccio", garantiu o jogador à revista "Sport Bild".

"Foi uma loucura. Sete time de elite queriam me contratar. Juventus, Inter de Milão, Milan, Chelsea, Real Madrid, Barcelona e Manchester United. Passaram muitas coisas pela minha cabeça. Não foi fácil", completou o veterano jogador, de 36 anos.

'Não Pipoca’: Sormani deixa Romário e Ronaldo de fora de Top 5 ‘de respeito’; veja!

Gringos elegem top 5 de clubes brasileiros mais importantes; veja ranking final

No fim desta temporada, Ribery, que foi contratado junto ao Olympique de Marselha, em 2007, deixará o Bayern de Munique, que optou por não renovar o contrato.

O francês falou, inclusive, do gol que marcou na vitória sobre o Hannover por 3 a 1, pela antepenúltima rodada do Campeonato Alemão.

"Me dei conta que, em breve, tudo acabaria, que a torcida em Munique não comemoraria mais comigo no estádio. Eu queria comemorar, mais aquilo me doía", afirmou.

Se inscreva no canal do FOX Sports Brasil no YouTube

Clique e assine o APP do FOX Sports

Pelo clube alemão, o meia-atacante pode chegar neste fim de semana ao nono título da competição nacional, se tornando recordista da liga, deixando para trás o goleito Oliver Kahn, o meia Bastian Schweinsteiger e o lateral-direito Philipp Lahm.

Além disso, Ribery foi campeão da Copa da Alemanha em cinco oportunidades, venceu uma Liga dos Campeões, em 2013, e participou da conquista do título mundial, no mesmo ano.

Saiba mais:

Palmeiras pode ter ótima notícia

Atlético de Madrid contratar ex-Timão

Milan veta destaque do Brasileirão

Crédito da imagem: Reuters

Publicidade
Link copiado para a área de transferência!
Publicidade