Rogério Ceni explica por que não trocou o Fortaleza pelo Atlético-MG

Técnico do Leão foi o convidado do programa Aqui Com Benja! deste fim de semana. Problemas pessoais pesaram na decisão de recusar o Galo

FOX Sports

Rogério Ceni foi o convidado do Aqui Com Benja! deste fim de semana. Entre os mais diversos temas abordados no programa, o treinador abriu o jogo e explicou por que recusou trocar o Fortaleza, que recém subiu para a primeira divisão, pelo Atlético-MG. O 'Mito' detalhou a conversa com o Galo e revelou que problemas pessoais pesaram na decisão. Veja no vídeo acima

Veja as últimas do Mercado da Bola e quem pode chegar ao seu time

Bundesliga, automobilismo e os melhores programas: domingo no FOX Sports

"O Rui (Costa) me ligou. Ele foi muito bacana, me tratou muito bem. Estávamos nas finais do Cearense e ficamos para conversar depois. Mas estou com alguns problemas: meu pai está muito doente. Aqui (Fortaleza), eu já tenho um ritmo de trabalho. As pessoas que trabalham comigo sabem o sistema de jogo que eu utilizo, os jogadores já estão adaptados com meu trabalho. Se eu fosse naquele momento, não só para o Atlético-MG, qualquer outro clube, eu teria que mergulhar e conhecer a fundo jogadores, comissão... Lógico, a estrututa do Atlético é incomparável, mas você montar um plano de jogo leva um tempo", começou Ceni.

‘Não Pipoca’: Sormani deixa Romário e Ronaldo de fora de Top 5 ‘de respeito’; veja!

Gringos elegem top 5 de clubes brasileiros mais importantes; veja ranking final

O comandante do Leão ainda elogiou a escolha da diretoria do Galo, que, ao menos por enquanto, optou por manter um profissional que já estava no clube. 

"Acho que o Atlético fez certo, o Rodrigo Santana já estava lá, já conhecia muito mais do que eu ou qualquer outro treinador que fosse chegar. Acho que fez o correto, um profissional que podia fazer ajustes, mas que já tem conhecimento dos atletas. Eu tenho meus sonhos de chegar cada vez mais longe na carreira, mas achei que não era o momento de abrir conversa. O Rui compreendeu, foi educadíssimo. Depois, na semana entre as finais, meu pai ficou internado 14 dias no hospital. Isso requer muitas preocupações. Achei que eu não poderia entregar o que o Atlético precisaria de um bom profissional. Quem sabe numa oportunidade futura, principalmente podendo ter uma pré-temporada", completou. 

Se inscreva no canal do FOX Sports Brasil no YouTube

Clique e assine o APP do FOX Sports

Neste domingo (12 de maio), Rogério Ceni vai enfrentar pela primeira vez o São Paulo, clube onde é ídolo: o Fortaleza recebe o Tricolor do Morumbi no Castelão, pela quarta rodada do Campeonato Brasileiro. O Leão é o atual 16º colocado, com três pontos em três jogos. 

Saiba mais:

Filipe Luís mais perto do Flamengo?

São Paulo recebe 'bolada' por venda de atacante

Jogador do Lyon quer jogar com Marcelo no Botafogo

(Crédito da imagem: Reprodução FOX Sports)

Publicidade
Link copiado para a área de transferência!
Publicidade