Apesar do domínio no continente, quatro finalistas ingleses não conseguem formar seleção do país

Dos 57 jogadores utilizados pelos times nos jogos de volta das semifinais da Champions e da Europa League, apenas 11 eram ingleses, sendo que nenhum deles é goleiro

FOX Sports

Nesta quinta-feira (9 de maio), Chelsea e Arsenal garantiram suas vagas na final da Uefa Europa League e conseguiram um feito inédito. Com Liverpool e Tottenham na partida decisiva da Champions League, pela primeira vez na história os quatro finalistas das duas principais competições do continente europeu serão do mesmo país.

Semifinais da Copa do Nordeste e do NBB ao vivo no FOX Sports

Veja as últimas do Mercado da Bola e quem pode chegar ao seu time

No entanto, isso não é o indicativo da força do futebol inglês. Apesar de a seleção nacional ter ido à semifinal da última Copa do Mundo, apenas 11 dos 57 jogadores utilizados pelos times nesta semana nasceram na Terra da Rainha. Desses, nenhum era goleiro, impedindo a possibilidade de formar uma equipe titular. Na última convocação de Gareth Southgate, as quatro equipes cederam nove jogadores para a seleção, sendo que dois (Kane e Dier) não atuaram nos jogos dessa semana

O Arsenal utilizou somente o jovem Maitland-Niles, que jogou o jogo inteiro e deu a assistência para Aubameyang marcar o terceiro gol da vitória por 4 a 2 sobre o Valencia. O Chelsea, por sua vez, teve seu gol marcado por Ruben Loftus-Cheek na primeira etapa e Ross Barkley entrou no final do jogo para atuar na prorrogação.

‘Não Pipoca’: Sormani deixa Romário e Ronaldo de fora de Top 5 ‘de respeito’; veja!

Gringos elegem top 5 de clubes brasileiros mais importantes; veja ranking final

Pela Champions League, o Liverpool foi a equipe que mais teve ingleses em campo. Começaram a partida o capitão Jordan Henderson, James Milner e o jovem lateral-direito Trent Alexander-Arnold, que deu a assistência para o gol da classificação dos Reds. Sturridge e Joe Gomez entraram na segunda etapa. O Tottenham teve Trippier e Rose nas laterais e Dele Alli no meio, que deu dois passes para Lucas marcar.

Se inscreva no canal do FOX Sports Brasil no YouTube

Clique e assine o APP do FOX Sports

Crédito da foto: Reuters

Publicidade
Link copiado para a área de transferência!
Publicidade