Inspiração em Ronaldo ajudou destaque do Libertad a superar prisão e vida como catador de lixo

Inspiração em Ronaldo ajudou destaque do Libertad a superar prisão e vida como catador de lixo

Adrián Martínez passou por diversas reviravoltas na carreira. Começou como catador de lixo, depois virou pedreiro, acabou preso por um crime que não cometeu, e hoje é um dos principais destaques da maior competição entre clubes das Américas

Artur Rocha

Nesta terça-feira (23 de abril) o Grêmio vai para o tudo ou nada na fase de grupos da Conmebol Libertadores 2019 e terá difícil missão contra o Libertad-PAR, no Defensores del Chaco, pela 5ª rodada, precisando única e exclusivamente da vitória para não depender de outros resultados. A partida terá transmissão ao vivo e exclusivo do FOX Sports a partir das 18h30.

No lado paraguaio, que venceu as suas quatro partidas até aqui, mantendo os 100% de aproveitamento nesta fase de grupos, uma história em especial chama atenção: a do atacante Adrián Martínez, artilheiro desta Libertadores com seis gols marcados.

Gringos elegem top 5 de clubes brasileiros mais importantes; veja ranking final de 50 torcedores

Grêmio e Atlético-MG exclusivos, Bundesliga e mais: a semana no FOX Sports

Aos 26 anos, o argentino passou por diversas reviravoltas na carreira. Começou como catador de lixo, depois virou pedreiro, acabou preso por um crime que não cometeu, e hoje é um dos principais destaques da maior competição entre clubes das Américas.

Nascido em Campana, pequena província da capital argentina Buenos Aires, Martinez alternava a sua vida entre catar lixo e disputar ligas amadoras quando tinha seus 17 anos. Um acidente de carro, onde quase perdeu a mão, porém, o fez ter que mudar de rumos, tendo que optar por fazer trabalhos como pedreiro para sustentar a família.

Em 2014, o sonho de se tornar jogador profissional quase desceu ralo abaixo. Martínez teve o seu irmão baleado com três tiros, e no caminho para o hospital, a casa dos culpados pelo crime foi atacada por terceiros, mas quem levou a culpa foi o atacante. Com isso, ficou seis meses preso numa cela por algo que sequer cometeu.

'Não Pipoca': Benja elege cinco maiores que viu com três brasileiros e dois gringos

Veja as últimas do Mercado da Bola e quem pode chegar ao seu time

A inspiração em Ronaldo Fenômeno, porém, não o fez desistir. Em 2015, passou nos testes e assinou contrato com o Defensores Unidos, da quarta divisão argentina. Por lá ficou até 2017, quando o Atlanta, da segunda divisão do país o contratou.

As boas atuações o levaram para o Sol de América, da elite do futebol paraguaio, em 2018. Lá, marcou 13 gols em 20 jogos e ajudou a sua equipe a terminar em quarto no Clausura. Em dezembro do mesmo ano, assinou com o Libertad.

Se inscreva no canal do FOX Sports Brasil no YouTube

Clique e assine o APP do FOX Sports

Até aqui, na Libertadores, Martínez tem 4 gols marcados nas fases preliminares, todos contra o The Strongest-BOL, chegando a anotar um hat-trick na partida de volta. Já na fase de grupos, deixou a sua marca duas vezes contra a Universidad Católica-CHI, pela 1ª rodada.

(Crédito da imagem: Divulgação/Twitter Libertad)

Publicidade
Link copiado para a área de transferência!
Publicidade