Libertad ignora diferenca de abismar para o Gremio e avisa O que conta e a fome

Libertad ignora diferença de abismar para o Grêmio e avisa: “O que conta é a fome”

FOX Sports transmite o confronto entre brasileiros e paraguaios ao vivo e exclusivo nesta terça-feira (23), a partir das 18h30

Artur Rocha

Após vitória por 3 a 1 sobre o Rosario Central-ARG, na 4ª rodada da fase de grupos da Conmebol Libertadores 2019, o Grêmio viu os seus caminhos rumo à classificação ao mata-mata se abrirem, ficando apenas dois pontos atrás da Universidad Católica-CHI, segunda colocada no Grupo H com seis. Agora o Tricolor Imortal só dependerá de si mesmo, e na 5ª rodada volta a enfrentar o Libertad-PAR, que ainda não perdeu um jogo sequer na competição continental e mantém 100% de aproveitamento na sua campanha. A partida será nesta terça-feira (23 de abril), com transmissão ao vivo e exclusivo do FOX Sports a partir das 18h30.

Grêmio e Atlético-MG exclusivos, Bundesliga e mais: a semana no FOX Sports

Gringos elegem top 5 de clubes brasileiros mais importantes; veja ranking final de 50 torcedores

E para o confronto no Defensores Del Chaco, principal estádio do Paraguai, algumas diferenças entre Libertad e Grêmio chamam atenção. A principal delas é a financeira. Se tratando da Libertadores, os paraguaios possuem um dos menores orçamentos entre todos os 47 participantes da disputa – contando com as equipes que já foram eliminadas antes da fase de grupos -, com valor de mercado na casa dos 15,30 milhões de euros (R$ 67,5 milhões) enquanto o os gaúchos têm o quinto plantel mais caro, valendo 78,40 milhões de euros (R$ 345,9 milhões). Segundo dados fornecidos pelo site especializado Transfermarkt.com.

'Não Pipoca': Benja elege cinco maiores que viu com três brasileiros e dois gringos

Veja as últimas do Mercado da Bola e quem pode chegar ao seu time

Apesar de toda essa diferença no quesito financeiro, o Libertad não se assusta com a visível superioridade dos brasileiros nas cifras. Em entrevista ao FOXSports.com.br, Juan Samudio, um dos maiores ídolos da história do clube paraguaio, e que hoje comanda a equipe Sub-18 do clube, afirmou que o que contará em campo nesta terça não será a grana, mas sim a vontade dos jogadores em campo.

“A diferença econômica (para o Grêmio) não é pouca, é de abismar, é enorme. Primeiro pelo patamar dos jogadores que tem o Grêmio, pela qualidade do jogador brasileiro em geral, pelos patrocinadores, tudo isso torna a nossa diferença econômica muito grande. Mas, ao meu ver, o que conta é a fome no âmbito esportivo que tem cada jogador. Não é porque você ofereceu mais dinheiro por um jogador que ele vai jogar melhor, não vai render mais porque custou mais. O importante é a fome que você tem em conquistar algo, isso que vai se sobressair em campo”, afirmou o ex-atacante, que também lembrou da importância da conquista da Libertadores pelo Libertad, que jamais ergueu o troféu da competição e também ainda não chegou a uma final.

Se inscreva no canal do FOX Sports Brasil no YouTube

Clique e assine o APP do FOX Sports

“Tenho certeza que os nossos jogadores sabem muito bem disso e não vão deixar de se esforçar em campo. É algo que queremos muito, um sonho para nós e para os nossos torcedores também. No Paraguai, somente o Olimpia já conquistou uma Libertadores e nós, obviamente, também queremos gahná-la, pelo menos chegar à final”, completou.

Crédito da foto: divulgação/ Club Libertad 

Publicidade
Link copiado para a área de transferência!
Publicidade