Tecnico do Manchester United nao acredita em retranca do Barcelona

Técnico do Manchester United não acredita em retranca do Barcelona

Segundo Solksjaer, a posse de bola está no DNA do clube blaugrana e ele não vê o time abdicando dessa

Gazeta Press

Mesmo com a vantagem proveniente da vitória por 1 a 0 no jogo de ida, o Barcelona não deve jogar recuado nesta terça-feira (16 de abril), quando recebe o Manchester United pela segunda partida das quartas de final da Champions League. Pelo menos é o que acredita o técnico do time inglês, Ole Gunnar Solskjaer, que terá de fazer, no mínimo, um gol para evitar a eliminação de sua equipe.

Fla x Corinthians no NBB, Arsenal, Chelsea e mais: tudo no FOX Sports

PVC elege 5 melhores times brasileiros da história, a “decepção” e os 5 maiores craques

“Dominar a bola está no DNA dos jogadores. Não posso imaginar o Barça abdicando de ter a posse de bola, buscando o contra-ataque, apesar de terem melhorado muito nesse aspecto com Dembélé, que é um jogador de muita velocidade”, afirmou, em coletiva de imprensa concedida nesta segunda-feira (16).

Apesar de todas as dificuldades, o treinador norueguês vê os Diabos Vermelhos com boas chances de reverter o resultado do primeiro encontro. Aconteceu contra o Paris Saint-Germain, nas oitavas de final, quando os britânicos fizeram 3 a 1 em pleno Parque dos Príncipes, após serem derrotados por 2 a 0 no Old Trafford.

Se inscreva no canal do FOX Sports Brasil no YouTube

Veja as últimas do Mercado da Bola e quem pode chegar ao seu time

“Será um esforço colossal, mas meus jogadores já mostraram que eles podem fazer isso. A lembrança do confronto com o PSG estará em nossa memória e certamente nos ajudará”, disse. “Não podemos levar gols. Não me importo se nosso gol sair aos 93 minutos. Não nos importamos em jogar uma prorrogação, estamos em forma”, completou.

Segundo Solskjaer, qualquer descuido é fatal contra um time como Barcelona. O objetivo é render ao máximo, para evitar que os erros do jogo em Old Trafford se repitam na Catalunha.

“Em casa, não conseguimos fazer o jogo que queríamos. Contra o Barça, isso é imprescindível, porque se a bola cai nos pés de (Lionel) Messi, (Luís) Suarez ou (Philippe) Coutinho, você com certeza irá sofrer”, finalizou.

No Camp Nou, Barcelona e Manchester United se enfrentão a partir das 16h desta terça-feira. Pelo placar agregado, qualquer empate garante os catalães nas semifinais. Desta forma, os ingleses têm a obrigação da vitória e, se repetirem o placar da ida, a disputa irá para a prorrogação. Se a igualdade persistir, a vaga será decidida nos pênaltis.

Clique e assine o APP do FOX Sports

Saiba mais:

São Paulo terá dois desfalques para final

"Não sou otário", dispara Renato Portaluppi

Jornal: Vinicius Jr terá problema no Real

(Crédito da imagem: Reuters)

Publicidade
Link copiado para a área de transferência!
Publicidade