Jornal: Real pode 'comprar guerra' para tirar zagueiro de R$ 520 milhões de rival

Florentino teria escolhido Giménez, do Atlético de Madrid, como primeiro nome na lista de substitutos; Zidane, porém, teria eleito Koulibaly, do Napoli, como prioridade

FOX Sports

A próxima janela de transferências promete ser bastante recheada para o Real Madrid. Segundo o jornal espanhol AS, o presidente Florentino Pérez já teria escolhido o substituto para o zagueiro Raphael Varane, que estaria de saída do clube. O nome eleito pelo mandatário merengue é o de José María Giménez, titular no Atlético de Madrid. A publicação afirma que o zagueiro chegou a ser abordado pelo diregente merengue na final da última Conmebol Libertadores, disputada no Santiago Bernabéu.

Palmeiras, Cruzeiro, Atlético-MG, PSG e mais: a super semana no FOX Sports

Veja as últimas do Mercado da Bola e quem pode chegar ao seu time

Dentro dessa questão, porém, há uma divergência entre o cartola e Zinedine Zidane. O treinador já possuía um favorito escolhido por si previamente. Trata-se de Kalidou Koulibaly, senegalês do Napoli que está na lista de Zizou desde sua última passagem pela equipe merengue.

O Real Madrid quer contar com três zagueiros de ponta e Nacho como quarta opção para o elenco da próxima temporada. Para a posição, Militão já foi contratado e anunciado pela equipe, mas, com a saída de Varane, os merengues precisarão ir ao mercado em busca de mais um nome.

Giménez possui multa rescisória de 120 milhões de euros (cerca de R$ 520 milhões) e contrato até 2023, recentemente renovado com o clube colchonero. Outro fator que dificulta a transação é que o Atlético não quer se desfazer do uruguaio. O time irá perder Lucas Hernández, fechado com o Bayern, e Godín, cujo contrato se encerrará ao final da temporada. Na última janela de transferência, o Real já havia demonstrado interesse no defensor, mas não chegou a fazer nenhuma oferta.

Se inscreva no canal do FOX Sports Brasil no YouTube

Clique e assine o APP do FOX Sports

Koulibaly, porém, também não será uma "presa fácil". O zagueiro também renovou seu contrato com o Napoli até 2023 e com um salário considerado elevado (7 milhões de euros, equivalentes a cerca de R$30 mi). Sua cláusula é ainda maior que a do uruguaio do Atlético, chegando aos 150 milhões de euros (cerca de R$650 mi). O técnico Carlo Ancelotti também descartou vender o senegalês, que é titular absoluto da equipe.

Saiba mais:

Corinthians espera para anunciar reforço

Barcelona monitora atacante brasileiro

Palmeiras revela como foi conversa com Pato

Crédito da imagem: Alexandre Vidal/Flamengo

Publicidade
Link copiado para a área de transferência!
Publicidade