Dupla ex São Paulo aposta no crescimento do futebol nos EUA para continuar vivendo da bola

Dupla ex-São Paulo aposta no crescimento do futebol nos EUA para continuar ‘vivendo da bola'

Donos da primeira quadra em um shopping center no Brasil Jorge Wagner e Jean Narde expandem projeto e agora preparam jovens que desejam estudar e jogar por escolas americanas

FOX Sports

Acostumados às glórias do futebol, os ex-jogadores do São Paulo, Jorge Wagner e Jean Narde estão descobrindo que um bom esquema tático e trabalho em equipe também são fundamentais para o sucesso fora dos gramados.

Proprietários de vários negócios, os dois são sócios da Winners Academy, uma rede de escolas de futebol que inovou por levar a primeira quadra de futebol para um shopping center do Brasil, no bairro do Morumbi, em São Paulo. Agora, a empresa está ampliando a sua atuação e, a partir deste mês, começa a preparar jovens para estudar e jogar futebol por meio de bolsa de estudos nos Estados Unidos.

Botafogo no NBB, Bayern e Borussia na Bundesliga e mais: o fim de semana FOX Sports

Veja as últimas do Mercado da Bola e quem pode chegar ao seu time

“Na verdade, já estávamos de olho neste mercado há um tempo. Sempre éramos procurados e acabávamos deixando algumas oportunidades passarem porque oferecíamos apenas o treinamento. Agora, em parceria com a MVP Exchange, que é a agência que mais tem levado garotos para a América, iremos unir nossa estrutura com um trabalho específico para garantir que os meninos estejam preparados para as melhores oportunidades de bolsa de estudo”, explicou Jorge Wagner, que, entre outros títulos, venceu uma Libertadores da América pelo Internacional (2006), foi Bicampeão Brasileiro pelo São Paulo (2007/2008) e Campeão Paulista pelo Corinthians (2003). 

O projeto tem tudo para ser um sucesso. Já na primeira chamada, realizada em São Paulo, cerca de 30 garotos compareceram para um teste. “Esse resultado só mostra o quanto esse mercado tem potencial. Os meninos acreditam que só é possível viver de futebol por meio de um time, de uma carreira profissional, e eles estão enganados. O sistema de ensino dos Estados Unidos permite que qualquer jovem com aptidão para o esporte possa ter acesso a uma faculdade de qualidade, a um bom diploma. E o melhor, toda essa oportunidade é acessível aos brasileiros”, comentou Jean Narde.

FOX Sports leva torcedor pra ver jogo do PSG junto de PVC; veja como participar

Clique e assine o APP do FOX Sports

Em quase três anos de atuação, a MVP Exchange, parceira dos ex-jogadores no projeto, já enviou quase 400 jovens para estudar nos Estados Unidos. Além de focar na preparação física e técnica dos garotos, com treinamento de futebol voltado para o que encontrarão no exterior, a agência fornece todo o suporte burocrático e aulas de inglês.

“Identificamos que a adaptação do jovem ao mundo exterior é muito mais fácil quando ele sai preparado do Brasil. Se ele chega aos Estados Unidos falando um inglês melhor e em condições de brigar por uma vaga no time titular da universidade, já é meio caminho andado para que seja melhor aceito e não sinta saudades de casa”, explica Gustavo Machado, diretor Acadêmico da MVP. O executivo ressalta que, inclusive, as vagas não são apenas para os craques de bola. “Estudantes com boas notas também têm chances. O importante é equilibrar o desempenho acadêmico com o esportivo”, continuou o ex-zagueiro de São Paulo, Corinthians, Flamengo, Grêmio e, também, com grande experiência no futebol russo, com passagens por Saturn, Dínamo Moscou, Rubin Kazan e FC Moscou.

Com passagens pela Europa e Ásia, Jorge Wagner sabe que a experiência no exterior vai muito além do esporte e tem achado gratificante poder ajudar garotos a fazerem o mesmo caminho. “Quando a gente para de jogar é difícil planejar o que fazer. Escolhi bons sócios, que também são meus amigos, e estamos indo muito bem. Morei na Espanha, na Rússia e no Japão. Hoje, carrego um pouco de cada um desses lugares comigo. Nunca imaginei que um dia pudesse trabalhar para levar garotos ao exterior. Quero que eles aproveitem ao máximo essa experiência”, concluiu o ex-jogador, que, além do São Paulo, jogou por Corinthians, Cruzeiro, Internacional, Botafogo, Vitória e Bahia, além dos clubes japoneses Kashiwa Reysol e Kashima Antlers, do espanhol Real Betis e o Lokomotiv, da Rússia.

Além da Winners Academy, em São Paulo, o projeto deve ser expandido, em breve, para a Bahia, onde os sócios possuem um dos maiores complexos esportivos do Nordeste, com quatro campos de futebol e estrutura de clube profissional.

Enquanto isso, os interessados em viajar e jogar futebol nos Estados Unidos podem procurar a Winners Academy, em São Paulo, (www.winnersacademy.com.br) ou a MVP Exchange (www.mvpexchange.com.br).

Se inscreva no canal do FOX Sports Brasil no YouTube

Leia também:

Benja: Palmeiras acerta venda de Luan Cândido ao RB Leipzig

Jornal: Zidane vê Neymar como 'sonho distante' e revela Plano A

Quartas da Europa League tem grande duelo e clássico espanhol

Publicidade
Link copiado para a área de transferência!
Publicidade