Oeste rejeita proposta para venda do clube ao Red Bull Bragantino tranquilizará elenco

Oeste rejeita proposta para venda do clube ao Red Bull; Bragantino tranquilizará elenco

Única equipe de todas as franquias mundiais que não atua no principal campeonato nacional de seu respectivo país, Red Bull Brasil tem sido pressionado por sua matriz a estar ao menos na Série B

Gazeta Press

Pressionado pela matriz da marca a disputar ao menos a Série B, o Red Bull Brasil quer comprar um clube que tem vaga garantida na competição em 2019. Como única equipe de todas as franquias mundiais que não atua no principal campeonato nacional de seu respectivo país, o RB definiu três times como os mais interessantes para a compra. São eles: Bragantino, Oeste e Paulista.

Conforme apurado pela Gazeta Esportiva, o Red Bull Brasil tem como prioridade fechar com o Rubrão e o time de Jundiaí. O acordo seria feito para ter a vaga do Oeste na Série B e, ao mesmo tempo, negociar com o Paulista para jogar no Estádio Doutor Jayme Cintra.

Palmeiras, Atlético-MG, Cruzeiro e Inter na Libertadores, Europa League: só no FOX Sports

Se inscreva no canal do FOX Sports Brasil no YouTube

No entanto, em declaração à reportagem, o presidente do Oeste, Ernesto Francisco Garcia, afirmou que apesar da proposta formal realizada, o clube rejeitou o acordo feito pelo Red Bull.

Apesar da negativa do Rubrão, o RB Brasil mantém confiança em fechar um acordo. As conversas entre as partes continuam.

E o Bragantino?

Pelo lado do Bragantino, o ícone da equipe e atual treinador do Massa Bruta, Marcelo Veiga, revelou que o presidente da agremiação, Marquinho Chedid, negou que irá vender o tradicional time do estado de São Paulo.

Veja as últimas do Mercado da Bola e quem pode chegar ao seu time

Clique e assine o APP do FOX Sports

“Domingo pela manhã conversei com o presidente e ele me disse que não tinha nada, que jamais faria um negócio desses por compromissos com a família e a cidade. Pedi para que ele conversasse com o elenco sobre isso e marcamos o papo para terça-feira de manhã. Ele ficou de falar com todos a respeito disso”, contou Veiga, com exclusividade à Gazeta Esportiva.

“Não sei se mudou algo de de manhã para agora. Mas ele (presidente) garantiu que não venderia o clube. Vamos aguardar. Tomara que a notícia seja mentira, porque senão a gente acaba perdendo o emprego”, completou o treinador.

Saiba mais:

Fla tem ótima notícia para a Libertadores

Real já tem provável substituto de Solari

Torcedores do PSG invadem treinamento

(Crédito da imagem: Reprodução/Facebook)

Publicidade
Link copiado para a área de transferência!
Publicidade