Gustavo revela que pediu para bater pênalti em Avellaneda Tem que chamar a responsabilidade

Gustavo revela que pediu para bater pênalti em Avellaneda: 'Tem que chamar a responsabilidade'

Atacante abriu a série de cobranças pelo lado do Corinthians, e destaco que confiança ajudou no momento decisivo: 'Estava treinando bem'

Gazeta Press

Gustavo não conseguiu balançar as redes nessa quarta-feira, mas nem por isso deixou de ser uma peça importante para o Corinthians na classificação à segunda fase da Conmebol Sul-Americana, dentro de El Cilindro, em Avellaneda, sobre o Racing.

Brasil Open, Bundesliga, NBB, Nascar: é no FOX Sports

“Eu pedi para bater o primeiro pênalti. Estava treinando bem, e nessas horas tem que chamar a responsabilidade”, revelou o camisa 19 em entrevista após o triunfo corintiano conquistado diante da marca da cal.

Vasco-98 ou Santos-2011? Vote em quem avança às semifinais

Mateus Vital foi outro que não temeu o momento. O jovem meia foi colocado em campo por Fábio Carille aos 43 minutos do segundo tempo já ciente de que teria a missão de encarar o goleiro Arias.

“Carille já tinha falado para mim que eu ia bater o pênalti. Eu treino, né, para chegar em um momento desse e ajudar a equipe”, contou Vital, dando de ombros para a opção do Racing em poupar a maioria de seus titulares.

Veja as últimas do Mercado da Bola e quem pode chegar ao seu time

Se inscreva no canal do FOX Sports Brasil no YouTube

“Eles têm uma proposta de jogo bem convicta. A troca de jogadores não ia mudar muito. Carille mostrou bem em vídeo, já vínhamos com isso na mente. A proposta deles foi a mesma”, afirmou. “Nosso objetivo foi alcançado. Isso é o mais importante”.

Clique e assine o APP do FOX Sports

Saiba mais: 

Fla perderá jovem para o futebol europeu

Palmeiras pode ter 'trio dos sonhos'

'Cássio é o maior da história do Corinthians'

(Crédito da imagem: Daniel Augusto Jr/Ag. Corinthians)

Publicidade
Link copiado para a área de transferência!