Carlos Alberto lembra soco em Tévez por cuspe e manda recado a Deyverson: "Não é legal"

Convidado do Jogo Sagrado, meio-campista relembrou briga com argentino e admitiu que atitude do atacante do Palmeiras tem que ser reprovada

FOX Sports

Nesta segunda-feira (11 de fevereiro), Deyverson recebeu uma punição de seis jogos por cuspir em Deyverson. E a atitude do atacante foi tema do Jogo Sagrado, com destaque para a declaração de Carlos Alberto.

Atlético-MG exclusivo, Libertadores, Arsenal, Chelsea, Bellator e Nascar: só no FOX Sports

Convidado do programa, o ex-meia de Corinthians, Vasco e Fluminense relembrou uma briga com Tévez por conta de ter levado uma cuspida e aconselhou Deyverson, punido pelo mesmo motivo:

Veja as últimas do Mercado da Bola e quem pode chegar ao seu time

Se inscreva no canal do FOX Sports Brasil no YouTube 

"Não tenho muita propriedade para falar do assunto, recebi punições e aprendi. Cuspir na cara é pesado. O cara que cospe não pode esperar a reação. A gente criado na rua, você sabe. Ele é jovem, no calor da emoção, a gente perde o domínio do equilíbrio de ficar tranquilo. Que ele repense. Não é legal. Levei punições maiores sem cuspir. Mas eu sempre respeitei muito", afirmou Carlos Alberto, lembrando a briga com Tévez:

Clique aqui e baixe FOX Sports APP

"A gente acabou indo para vias de fato. Ninguém sabia disso. Fui sincero, como sempre fui, nos errros e acertos. Eu sempre assumi. Aconteceu isso (briga com Tévez). Aconteceu. Fui profissional. A briga que eu tive não atrapalhou nada, eu passava a bola para ele, ele passava para mim. A amizade não fluiu, mas a gente passou a ter respeito. A gente se fala, mas não vamos frequentar a casa do outro", finalizou.

Saiba mais

Autópsia revela que Sala morreu por lesões na cabeça e no tronco

United já tem nome preferido para ser o treinador da próxima temporada

Marcelo fala sobre saída de Cristiano Ronaldo do Real Madrid

Crédito da imagem: Flickr Palmeiras

Publicidade
Link copiado para a área de transferência!
Publicidade